Adolescente é apreendido com drogas na Santa Terezinha

0
557

Durante patrulhamento de rotina, por volta das 16h45 da última segunda-feira, dia 9, os policiais militares Amauri e Cristiano receberam informações que próximo ao mercado que fica na Rua das Oliveiras ocorria praticamente todos os dias tráfico de drogas.
E segundo consta em boletim de ocorrência, diante das informações os policiais foram até o local e pararam a viatura atrás de uma residência nas proximidades, com o intuito de filmar o comércio de entorpecentes. Durante as filmagens, observaram que um rapaz pardo, usando apenas bermuda jeans saia constantemente das imediações do mercado e ia até uma pilha de tijolos, de onde retirava algo e retornava com algo em suas mãos, indo até o ponto onde fazia a entrega ao usuário.
Em uma dessas ações os policiais militares viram quando um dos usuários, uma pessoa bastante conhecida pelos policiais por crime de porte de drogas, saiu do ponto de entrega e eles resolveram o abordar. Ele foi parado em frente a um bar na rua dos Paulistas e identificado como sendo M.R.M., de 27 anos, e com ele foram encontradas duas pedras de crack no bolso de sua bermuda. Ao ser indagado sobre a procedência do entorpecente, o rapaz informou que havia adquirido as pedras de um rapaz trajando bermuda jeans que ficava próximo ao mercado.
Os policiais retornaram ao local e lá detiveram o rapaz, o qual foi identificado como sendo um adolescente de 16 anos, e que o mesmo foi reconhecido pelo usuário como sendo a mesma pessoa de quem havia adquirido as pedras de crack pelo valor de R$ 20,00, pago com uma única cédula no valor.
O adolescente foi submetido a uma busca pessoal e em sua posse foram localizadas duas notas de R$ 20,00 e uma de R$ 10,00 e ao tomar conhecimento dos fatos, o jovem negou qualquer envolvimento com a venda das pedras de crack. Os policiais foram até a pilha de tijolos e lá localizaram quatro pedras de crack embaladas da mesma forma que as drogas que estavam com o usuário.
Diante dos fatos o adolescente recebeu voz de prisão e foi encaminhado até a delegacia. Em seguida ele foi apresentado ao representante do Ministério Público.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui