Escola D. Pedro II promoverá mais uma campanha de doação de sangue

0
749
Doadores procuraram o Centro Pastoral São Benedito no dia 18

A escola Dom Pedro II promove todos os anos, junto ao dia da matrícula dos alunos, uma campanha de doação de sangue. A iniciativa é feita em parceria com o Hemocentro da Unicamp e tem como objetivo, aumentar o banco de sangue que é responsável pela distribuição de bolsas para a região, inclusive para o Hospital de Caridade de Vargem Grande do Sul. A doação ocorrerá na parte da manhã das 9h às 12h, no sábado, dia 11.

Com este projeto, a diretoria da escola visa promover a cidadania, pois perceberam que os dias de matrícula sempre eram repletos de possíveis doadores. Assim, contataram o Hemocentro e agora todos os anos a escola tenta conciliar as datas de matrícula com os dias disponíveis para a coleta. Portanto, a escola estará aberta para receber qualquer voluntário que queira participar da campanha de doação de sangue, independente se for realizar a matrícula ou não.

De acordo com o professor de História e membro da diretoria da escola, João Batista, são arrecadados uma média de 40 bolsas de sangue todos os anos. João afirmou, ainda, que poderiam ser obtidas mais bolsas, porém, o Hemocentro é extremamente rígido com o sangue que será coletado, além de não haver uma maior conscientização a respeito do assunto.

Os alunos do curso técnico de enfermagem, também ajudam no dia da doação de sangue, ficando responsáveis pela aferição da pressão e exames para a identificação da diabetes.

Requisitos para a doação:

-Estar em boas condições de saúde;

-ter entre 18 e 65 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até os 60 anos;

-pesar no mínimo 50kg;

-estar descansado (ter dormido pelo menos 6h nas últimas 24 horas);

-estar alimentado (evitar alimentação gordurosa nas últimas quatro horas que antecedem a doação);

-não ser usuário de drogas;

-não ter comportamento de risco para doenças sexualmente transmissíveis.

-Evitar esforços físicos exagerados por pelo menos 12 horas;

-aumentar a ingestão de líquido;

-não fumar por cerca de duas horas;

-evitar bebidas alcoólicas por 12 horas;

Manter o curativo no local da punção por pelo menos quatro horas;

Não dirigir veículos de grande porte, trabalhar em andaimes, praticar paraquedismo ou mergulho.

Fotos: Arquivo Gazeta

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui