Via Crucis no Caminho da Fé avança na instalação das estações

0
776
Primeiras estações começaram a ser montadas

O projeto da instalação de uma Via Crucis no trecho de vargem Grande do Sul do Caminho da Fé tem apresentado progressos importantes. De acordo com a Comissão Organizadora, muito desse avanço se deve aos voluntários que têm dedicado boa parte de seu tempo livre à iniciativa e também aos colaboradores que ajudam financeiramente e com materiais o projeto.

“Como diretora executiva da Comissão Organizadora do projeto de construção de uma Via Crucis no nosso trecho do Caminho da Fé, posso dizer que estamos muito satisfeitos com a grande aprovação que temos recebido nesta ação, tanto da comunidade como dos membros de nossa comissão presidida pelo parceiro José Roberto Pereti”, comentou Márcia.

“Podemos dizer que nos emociona ver muitos de seus integrantes saírem do trabalho e irem sempre muito motivados para a cerâmica onde estão sendo fundidas as placas de concreto dos portais que serão erigidos em cada uma das 15 estações distribuídas nos 12 km, cuja terminalidade acontece na Pousada da família Cutti, na estrada que liga Vargem à São Roque da Fartura”, explicou.

Enquanto isso outros membros cuidam da logística, dos recursos a serem arrecadados, além de levantarem voluntários que cuidam das cercas e os pedreiros que, em mutirão foram no último sábado, dia 28, escavar as fundações para as placas que representam as cenas da paixão de Cristo.  “Muito devemos também aos proprietários de terra que recebem com entusiasmo o benefício em suas terras”, agradeceu Márcia.  Ela observou que o projeto vivencia uma fase complexa, pois neste momento, é necessário o emprego de caminhões trucks, betoneiras, geradores, concreto usinado e principalmente, mais pedreiros. “Sobre esta etapa, contamos aqui com os leitores, no sentido de nos ajudar nesta fase do projeto”, comentou. Márcia explicou ainda que não há uma data definida para a finalização do projeto, pois uma das dificuldades será a incidência das chuvas. “Que esperamos não alterar muito a programação”, disse.

“A definição de uma data, pretendemos ser a mais rápida possível, uma vez que a Via Sacra no Caminho da Fé tem como objetivo ser um marco de nossa cidade por ocasião dos 300 anos de Aparecida”, afirmou. Márcia ressaltou ainda que faltam poucas etapas. “Mas estas dependem da ajuda de todos”, ressaltou.

“A emoção e a destacada fé de muitos dos nossos integrantes nos mobiliza e nos dá a esperança de inauguramos em um mês esta obra, um século depois da construção da nossa igreja de Aparecida, pelo venerável Padre Donizetti”, afirmou Márcia. “Tenho certeza, assim como temos visto nos peregrinos que encontramos nestes dois meses pelo caminho, que todos juntos podemos não só ali depositar nossas preces, mas sobretudo, proporcionar o alento e a renovação das forças de todos aqueles que pretendem chegar no maior Santuário do Brasil”, disse Márcia.

As pessoas que quiserem colaborar podem entrar em contato pelo telefone (19) 99766-6492.

Fotos: Arquivo Pessoal

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui