Escola D. Pedro II promove campanha de doação de sangue neste dia 11

0
589
Salas da escola receberão voluntários neste sábado

Há sete anos, a escola Dom Pedro II promove uma grande ação solidária no dia em que realiza as matrículas dos alunos para o ano letivo seguinte. A Campanha de Doação de Sangue já se tornou uma tradição da escola e reúne não somente pais e estudantes, mas muitos voluntários da cidade. A iniciativa é uma parceria com o Hemocentro da Unicamp, que é responsável pela distribuição de bolsas de sangue para toda a região de Vargem Grande do Sul. A doação deste ano acontecerá neste sábado, dia 11, a partir das 9h e com término as 12h.

Com dados do Hemocentro, a diretora da escola, Fátima Gaiardo, contou que por mês são utilizadas cerca de 40 bolsas nos hospitais da região, por isso alerta sobre a importância da sensibilização da população para esta questão.

Ela afirmou à Gazeta de Vargem Grande esperar que este ano haja mais arrecadações que nos anos anteriores, já que no ano passado participaram 81 candidatos, onde foram arrecadados 65 bolsas de sangue, sendo que desse total, 46 estavam doando pela primeira vez. Já em 2015, foram 97 candidatos, 82 bolsas e 49 pessoas que doaram pela primeira vez.

O candidato é submetido a uma triagem que checa sua saúde para que ele e o paciente que receberá a bolsa não sejam prejudicados. Portanto, o doador não pode estar com gripe, resfriado ou infecção acompanhada de febre; ser portador de sífilis, malária ou doença de Chagas; ter consumido bebidas alcoólicas nas últimas 12 horas; ter sido exposto a doença sexualmente transmissíveis; ser usuário de drogas; ter contraído Hepatite após os 11 anos de idade; estar grávida ou em período inferior a três meses do pós-parto; não ter feito tatuagem ou colocado  piercing em um período inferior há um ano.

Além disso, o candidato deverá procurar orientação caso tenha tomado vacina recentemente, esteja fazendo uso de medicamentos ou esteja em tratamento médico. Os candidatos devem ter entre 18 e 65 anos, caso a primeira doação tenha sido feita até os 60 anos, pesar no mínimo 50kg, não estar em jejum e deve estar descansado.

A diretoria alerta que para não haver filas, os candidatos a doação de sangue devem chegar cerca de meia hora mais cedo.

Foto: Arquivo Gazeta

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui