Marcelo Cossi é o novo diretor do Meio Ambiente

0
873
Marcelo Marini Cossi assume pasta que já comandou anteriormente. Foto: Reportagem

Esta semana tomou posse como novo diretor do departamento de Agricultura e Meio Ambiente da prefeitura municipal, o engenheiro ambiental Marcelo Marini Cossi. Ele assume no lugar da gestora ambiental Karine Marcondes Valentim, que respondia pelo órgão e vai continuar trabalhando no departamento.
Marcelo já atuou como diretor de Agricultura e Meio Ambiente na prefeitura de Vargem Grande do Sul no período de janeiro de 2011 a setembro de 2014, quando Amarildo era prefeito e depois continuou por um período na gestão de Celso Itaroti.
Ele também ocupou cargo no município de Itobi, exercendo a função de diretor de Meio Ambiente, carreira que assumiu em outubro de 2014 até dezembro de 2017.
Em entrevista ao jornal, afirmou que os planos para sua gestão estão relacionados em um contexto de conscientização, abordando temas como a arborização urbana, intensificação da coleta seletiva, educação ambiental e castração de animais de rua. “Focaremos também ações relacionadas ao zoológico municipal e as melhorias na barragem Eduíno Sbardellini”, afirmou. Com relação à pergunta formulada sobre a questão de Vargem não ter alcançado bons índices no ranking do Município Verde Azul, disse que para o município alcançar resultados satisfatórios, é necessário unir ações em conjunto com todos os departamentos municipais e contar também com ações dos munícipes para obtenção de melhores pontuações. “São ações em conjunto que fortalecem o bem estar social e ambiental”, afirmou.
Indagado sobre a questão do desassoreamento da Barragem, o engenheiro ambiental afirmou que é uma das ações em que a administração municipal se empenhou e já iniciou as ações. “Nessa semana começaram as atividades de montagem da draga de sucção de areia, para que sua operação seja iniciada na próxima semana”, explicou.
Com relação à voçoroca que ameaça as casas na Cohab Antônio Ribeiro Filho, disse que a prefeitura municipal receberá até ao final deste mês um projeto elaborado pelo DAEE, apontando as medidas a serem tomadas, bem como o orçamento prévio para execução do projeto.
“De posse deste projeto, o prefeito vai buscar recursos junto ao governo estadual e federal para resolver o problema”, falou. A última pergunta foi sobre o aterro sanitário, que o engenheiro disse encontrar-se em condições favoráveis para a sua operação.

Marcelo Marini Cossi assume pasta que já comandou anteriormente. Foto: Reportagem

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui