Luciano Carril deixa presidência da Associação Setembro

0
1142
Luciano Carril presidiu a Associação em seus primeiros meses. Foto: Arquivo Gazeta

Membros da diretoria da Associação Setembro devem se reunir nesta próxima semana para decidirem quem irá assumir a presidência da entidade, após a saída de seu então presidente, o empresário Luciano Corsi, anunciada há alguns dias. A Associação foi criada há três meses em Vargem Grande do Sul, com o objetivo de auxiliar as demais instituições filantrópicas da cidade, iniciando seus trabalhos com o amparo ao Hospital de Caridade.
A Gazeta procurou Luciano, que explicou os motivos de sua decisão. “Devido eu estar prestando serviço de consultoria ao Hospital Sírio Libanês para os Hospitais Federais do Rio de Janeiro, sendo seis ao todo, e tendo que ficar de segunda a sexta-feira, me impossibilita de estar presente e dedicar a Associação, achei melhor dar espaço a outra pessoa”, disse.
Ele também destacou o trabalho desenvolvido durante esses meses. “A Associação foi fundada em setembro de 2017 e já realizou diversos eventos de captação de recursos e inclusive já fez a doação de R$ 300 mil, conforme publicado na Gazeta e contando com dinheiro em caixa para ajudar as outras instituições filantrópicas. Já fez a nova Diretoria do Hospital, o que ninguém queria, com um empresário competente e com tempo para se dedicar”, afirmou, se referindo ao atual provedor do hospital, o empresário Wagner Cipolla.
Luciano observou que o grande desafio da Associação foi reunir um grupo tão diversificado de voluntários. “Unir os empresários da cidade, Associação Comercial, Cooperbatata, Associação dos Bataticultores, Sindicato Rural, agropecuaristas, dentre outros empresários, assim todos os segmentos da cidade estão representados para colaborar com as entidades, pois poderia ser apenas uma ação isolada de um grupo de pessoas ajudando pontualmente”, avaliou.
“Hoje a Associação Setembro já conta com uma sede social, CNPJ, sancionada como utilidade pública e com um futuro sem limites, pois hoje empresários que estão à frente da Associação têm levado seus filhos para participar das reuniões e assim darão continuidade ao que se foi iniciado e tenho certeza que se perpetuará”, observou. “Fiz minha parte como cidadão, não vargengrandense, mas como um cidadão que se preocupa com os menos favorecidos, fiquei a frente do Hospital por 2 anos e meio e na Associação por 5 meses, mas deixei tudo pronto para ter continuidade independente de pessoas”, afirmou Luciano.

Luciano Carril presidiu a Associação em seus primeiros meses. Foto: Arquivo Gazeta

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui