Pessoal do Samu ainda não recebeu 13º

0
705

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) está vinculado ao Conderg. A crise financeira da entidade e a falta de repasses, levaram ao não pagamento do 13º salário dos trabalhadores deste órgão. Ao todo, 180 pessoas trabalham no Samu em 10 cidades na região.
Em entrevista à Gazeta, um dos trabalhadores do Samu que não terá seu nome divulgado, comentou que no dia 19, véspera da data prevista para o pagamento do 13º salário, o Conderg enviou um e-mail aos funcionários dizendo que iria ter atraso pela falta de recursos e que estavam entrando com um pedido de empréstimo em um banco para poder fazer o pagamento. Desde então, não houve mais nenhuma comunicação oficial para os trabalhadores.
“Já tem muitos funcionários pedindo demissão por que mudou a escala. Antes era 24/48h agora é 12h/36h. O pessoal da enfermagem tinha um segundo ou um terceiro emprego e com essa mudança, acabou inviabilizando para estas pessoas. Outra coisa é que tirou as folgas. Antes eram três folgas por mês e com a mudança da lei trabalhista, isso foi tirado. Também houve a imposição da proibição da troca de turno. Muita gente foi prejudicada com isso”, disse, observando que as alterações por conta da nova lei trabalhista não foram conversadas, apenas impostas.
Ele comentou ainda que contava com o 13º salário para as compras de Natal, festas de final de ano, além de pagar pendências. “Para entrar no ano respirando aliviado. Sem isso, prejudicou porque você conta com esse dinheiro. No dia 19 eles mandam um e-mail dizendo que iria atrasar. Todo ano atrasa, mas sempre pagava até a primeira quinzena de janeiro, agora tá muito mais”, comentou.
Outro problema apontado é com relação ao banco de horas. Ele comentou que há rumores que muitos possuem mais de um mês de folgas a serem tiradas e os comentários dão conta que tão logo elas sejam regularizadas, os profissionais “folguistas” serão dispensados, o que tem gerado apreensão.
O funcionário ressaltou apesar do atraso no 13º, os salários estão sendo pagos em dia e a equipe trabalha com todos os materiais necessários. Também afirmou que a manutenção das viaturas é realizada rotineiramente.

Pessoal do Samu ainda não recebeu 13º. Foto: Reprodução Internet

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui