Cursinho popular faz inscrições neste sábado, dia 17

0
498
Alunos participam de atividades do Cursinho Popular Maria Maria em 2017. Foto: Cíntia Distarzi

O Cursinho Popular Maria Maria iniciará suas atividades pedagógicas-culturais neste mês. As matrículas serão realizadas neste sábado, dia 17, na Escola Municipal Francisco Ribeiro Carril, localizada à Praça Nossa Senhora Aparecida.
As aulas, por sua vez, terão início no dia 3 de março e ocorrerão em todos os sábados, das 8h às 12h. Para os alunos interessados, é necessário trazer uma cópia do RG, uma cópia do CPF, e também cópias de declaração de matrícula, comprovante de residência e comprovante de renda familiar. O edital de inscrição para alunos do Cursinho Popular Maria Maria seleciona perfis específicos, e tem preferência por aqueles que são provenientes de escola pública, possuem renda média familiar (RMF) inferior a três salários mínimos e que esteja cursando o terceiro ano do Ensino Médio.
Serão oferecidas 60 vagas e, mesmo os alunos que já participaram das atividades em 2017, podem frequentar novamente. Importante lembrar que o cursinho busca professores-voluntários para cumprir o quadro docente, principalmente de Filosofia, Matemática e Literatura. Também procura professores que sejam, preferencialmente, licenciados ou em formação na área de atuação.
As atividades pedagógico-culturais, durante esse ano, também acontecerão no Carril. Segundo os responsáveis pelo cursinho popular, por se localizar em uma zona central no município, foi extremamente importante assegurar este espaço, dado que em outras escolas, muitos dos alunos não tinham acesso ou tinham que parar de frequentar as aulas durante o ano. Essa questão logística, assim como a seleção de alunos, professores e posicionamentos ideológicos, versam acerca da democratização do ensino superior público, conforme ressaltaram.
Cursinho Popular Maria Maria é uma associação independente, sem fins lucrativos, organizada por estudantes e professores, com o intuito de proporcionar o diálogo e auxiliar na preparação para os vestibulares (Enem, Unesp, Unicamp e USP, por exemplo), tal como a vida universitária. O cursinho é gratuito, destinado para alunos que cursam ou se formaram em escola pública, tal maneira de incentivar o acesso do trabalhador às instituições públicas e ao conhecimento. A fim de preencher lacunas deixadas pelo ensino público, esta proposta dialoga cultura, conhecimento e equidade social.

Alunos participam de atividades do Cursinho Popular Maria Maria em 2017. Foto: Cíntia DistarziCursinho popular

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui