Vargem participa de simpósio “SP no enfrentamento da febre amarela”

0
579
Governo do Estado promoveu simpósio. Foto: Prefeitura

O prefeito Amarildo Duzi Moraes (PSDB) participou no dia 5, do simpósio “SP no Enfrentamento da Febre Amarela”, organizado pela Secretaria da Saúde de São Paulo, que reuniu diversas autoridades e profissionais de saúde. O encontro foi realizado no Centro de Convenções Rebouças e teve como objetivo debater o atual cenário da doença no estado.
O evento foi destinado a gestores e profissionais da área saúde e discutiu desde ações de monitoramento e prevenção até a assistência.
“A única forma de evitar a febre amarela é a vacinação contra a doença. A vacina é gratuita e está disponível nas salas de vacinas localizada no Centro de Saúde “Dr. Gabriel Mesquita” e na UBS da Vila Polar Dr. Edward Gabrioli”, disse Amarildo.
O vírus continua avançando pelo interior do estado de São Paulo, dois irmãos morreram após terem contraído a febre amarela, em Espírito Santo do Pinhal no mês de janeiro. Na semana passada um caso de febre amarela foi confirmado na zona rural de São João da Boa Vista, a doença foi contraída na região do Sítio Pedra Branca, na estrada que liga São João a Vargem, zona rural do município, por uma mulher de 40 anos, residente em Lindóia, mas que visita São João com frequência.
Diante dos casos, o departamento de Saúde informa que é necessário que todas as pessoas procurem os postos para a vacinação e levem a carteira de vacinação e o cartão do SUS.

Transmissão

A febre amarela é uma doença infecciosa febril aguda, causada por um vírus transmitido por mosquitos vetores, e possui dois ciclos de transmissão: silvestre (quando há transmissão em área rural ou de floresta) e urbano. O vírus é transmitido pela picada dos mosquitos transmissores infectados e não há transmissão direta de pessoa a pessoa. A doença tem importância epidemiológica por sua gravidade clínica e potencial de disseminação em áreas urbanas infestadas pelo mosquito Aedes aegypti.

Sintomas

Os sintomas iniciais da febre amarela incluem o início súbito de febre, calafrios, dor de cabeça intensa, dores nas costas, dores no corpo em geral, náuseas e vômitos, fadiga e fraqueza.

Governo do Estado promoveu simpósio. Foto: Prefeitura

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui