Vereador cobra prefeitura sobre volta de coleta seletiva do lixo

0
889
Wilsinho pediu novamente a retomada do serviço na cidade: Foto: Arquivo Gazeta

Em requerimento destinado à Prefeitura Municipal, o vereador Wilsinho Fermoselli (DEM) questionou o prefeito Amarildo Duzi Moraes (PSDB) a respeito da retomada da coleta seletiva na cidade. No documento, o vereador destacou a necessidade de campanhas para incentivo à separação do lixo e material reciclável, falou também sobre a elaboração de um novo cronograma informando os dias e locais da coleta seletiva.
Wilsinho sugeriu ainda que palestras, principalmente em relação ao que fazer com os resíduos de óleo de cozinha, voltassem a acontecer em escolas municipais, estaduais e da rede privada.
Por meio de um ofício, o prefeito Amarildo respondeu ao vereador, afirmando que a coleta deverá ser retomada na cidade. “Haverá nova campanha de incentivo a separação de material reciclável. Será feito todo um cronograma com informações relativas a dias de coleta e também locais, o Departamento de Agricultura e Meio Ambiente aguarda somente que seja formada uma cooperativa de reciclagem no município devidamente documentada. As palestras serão retomadas, quanto ao óleo de cozinha será retomada a coleta deste resíduo, porém o departamento está verificando a possibilidade de uma parceria, a Prefeitura Municipal irá apoiar e incentivar a Coleta Seletiva através de cooperativas de reciclagem e recicladores autônomos, bem como a conscientização, local de triagem e acompanhamento das quantidades coletadas”.
Após a resposta de Amarildo, Wilsinho o questionou ainda sobre a previsão para iniciar a coleta seletiva novamente nos bairros da cidade e se haverá campanha de conscientização para que os munícipes não joguem lixos em vias públicas, rios, córregos, áreas verdes e loteamentos.
Em resposta a previsão para início do serviço, a prefeitura respondeu que a coleta seletiva é algo de extrema importância e relevância para o município. “Como já dito, o Departamento de Agricultura e Meio Ambiente aguarda a devida formalização de uma cooperativa ou associação de catadores de recicláveis para que seja possível realizar a coleta de maneira adequada e regular. O departamento está acompanhando a formalização para que esta ocorra o mais rápido”, explicou o Executivo.
“Ressaltamos que atualmente a coleta seletiva é sim realizada no município, mas por catadores autônomos, onde os mesmos são os que gerenciam a venda dos produtos”, ressaltou a prefeitura.
O Executivo afirmou por fim que haverá novas campanhas de conscientização da população.

Wilsinho pediu novamente a retomada do serviço na cidade: Foto: Arquivo Gazeta

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui