Grupo armado estoura caixas eletrônicos na madrugada em Vargem

0
12247
Frante da agência do Santander ficou destruída; dois caixs eletrônicos foram explodidos pelos criminosos. Foto: Gazeta de Vargem Grande

Era por volta das 3h20 da madrugada desta sexta-feira, dia 30, quando um grupo formado por diversos indivíduos encapuzados e fortemente armados chegaram à Praça Capitão João Pinto Fontão, em Vargem Grande do Sul.

De acordo com o comandante da Polícia Militar da cidade, sargento Marco Lasmar, as suspeitas são de que em torno de 15 pessoas chegaram em vários carros. Eles se dividiram em três grupos para praticar o crime. Conforme relatou à reportagem da Gazeta de Vargem Grande, a suspeita é que enquanto parte dos suspeitos se dirigiu aos bancos ao redor da praça, outros acompanhavam a ação em carros que passavam pelo local.

O grupo iniciou o furto pela agência do Santander. Utilizando explosivos, destruíram dois caixas eletrônicos do banco. Toda a frente da agência ficou destruída, destroços foram atirados do outro lado da rua, com chapas de metal chegando à praça. Em meio aos móveis destruídos e muito caco de vidro, os bandidos encontraram ao menos uma das gavetas que armazenam o dinheiro. De acordo com a polícia, outras gavetas acabaram sendo deixadas para trás.

Os criminosos ainda efetuaram vários disparos para o alto com armas de grosso calibre. Em seguida, tentaram destruir o caixa eletrônico do banco Itaú. Chegaram a detonar um explosivo nas proximidades, mas não conseguiram acessar a caixa de dinheiro do equipamento.

Já no Bradesco, o grupo ainda tentou arrombar dois caixas eletrônicos, mas também não conseguiu. Eles fugiram em cerca de 10 minutos após iniciarem o crime.

A Polícia Miliar e a Polícia Civil de Vargem estiveram pelo local, bem como a equipe da Polícia Científica para periciar as agências. De acordo com o sargento Lasmar, grupos de criminosos que visam caixas eletrônicos buscam as agências no início de feriados prolongados como este, da Semana Santa, uma vez que os bancos costuma abastecer seus equipamentos com dinheiro no dia anterior ao feriado.

A polícia apreendeu cartuchos deflagrados de espingarda calibre 12. Na agência do Santander, também foi encontrado manchas de sangue. A suspeita é que algum dos criminosos tenha se ferido durante a ação. Segundo a Polícia Civil, esta prova pode ajudar durante a apuração dos fatos. O delegado Antônio Carlos Pereira Júnior esteve pelo local e deu início às investigações.

De acordo com o sargento Lasmar, foram acionadas equipes de apoio de outras cidades, que estão em diligências no momento em busca de suspeitos.

 

Susto

Uma moradora de um prédio próximo ao Santander e que pediu para não se identificar contou à reportagem que a explosão foi muito forte. Ela comentou que acordou assustada e que ao perceber que se tratava de uma ação criminosa, esperou um pouco até sair para a sacada do prédio onde vive. Ela relatou ainda que chegou a ver o momento que ao menos cinco homens encapuzados, com armas grandes, jogaram um explosivo na calçada do Itaú e depois fugiram.

Um homem contou à reportagem que mora perto da Praça da Bíblia e que também escutou as duas explosões.

Ação destruiu a frente do banco. Foto: Gazeta
Dois caixas eletrônicos foram alvos das explosões. Foto: Gazeta de Vargem Grande
Um carro estacionado em frente à agência ficou coberto pelo vidro. Foto: Gazeta de Vargem Grande
Criminosos também tentaram arrombar equipamentos do Bradesco. Foto: Gazeta de Vargem Grande
Grupo tentou ainda explodir caixa do Itaú, mas não conseguiu. Foto: Gazeta de Vargem Grande

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui