Painel 28 de abril de 2018

0
524

Antes de postar

O vereador Canarinho (PSDB) criticou pessoas que usam redes sociais para se manifestar contra a Câmara ou a Prefeitura sem antes tomar conhecimento daquilo que opinam. Canarinho se referiu às críticas ao projeto de lei que autoriza o executivo a doar a areia extraída da Barragem no serviço de desassoreamento ao Hospital de Caridade. O vereador lembrou que o projeto teve três pareceres jurídicos favoráveis e lembrou que o hospital é uma instituição sem fins lucrativos que atende pelo SUS na cidade.

Atendimento

O vereador Wilsinho Fermoselli (DEM) agradeceu o Executivo por ter disponibilizado um pediatra para a Unidade Básica de Saúde Dr. Edward Gabrioli. O especialista que atendia neste posto se aposentou e Wilsinho pediu por meio de indicação rapidez na nomeação de um novo profissional. Um novo médico já está atendendo as crianças no local desde o dia 20.

Centavos

Os contribuintes de Vargem Grande do Sul estão bastante intrigados com uma série de cobranças feitas pela prefeitura recentemente com relação ao IPTU de anos anteriores. O que surpreende os moradores são os valores. Em muitos casos, menos de R$ 1,00. Não paga o custo da impressão, da folha e da entrega. O pior é que muitos contribuintes estão com os comprovantes das parcelas devidamente pagas e questionam a que se deve essa diferença de centavos.

Protesto

A prefeitura, na cobrança, ainda informa que caso o contribuinte não acerte os valores, levará o título a protesto. Uma das cobranças que chegou ao conhecimento do jornal era de R$ 0,75 com relação a uma parcela de IPTU de outubro do ano passado. Com correção, juros e multa, o valor passou a R$ 0,91. Para retirar um título protestado do cartório, a taxa é de R$ 15,00.

Comunicado

Sobre as cobranças, a prefeitura emitiu um comunicado apenas alertando a todos os munícipes que verifiquem em seus carnês a data em que foi efetuado o pagamento do tributo e taxas. Caso conste que o pagamento tenha sido efetuado após a data da criação do carnê, é preciso procurar a Divisão de Administração Tributária, na rua do Comércio, nº 584, no Centro, das 9h às 16h30, a fim de verificar se não há pendencias em aberto. Segundo o informado, este procedimento faz-se necessário para evitar que a pendência seja encaminhada para a cobrança por intermédio de protesto via cartório ou execução judicial.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui