Univesp abre vestibular para curso de gestão pública em Vargem

0
699

A Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp) abre nesta segunda-feira, dia 21, as inscrições para 18.250 vagas do vestibular do 2º semestre de 2018, destinadas a 116 polos de todo o Estado. Em Vargem Grande do Sul, serão 50 vagas para o curso de Tecnologia em Gestão Pública, mas o prefeito Amarildo está buscando que o Polo local ofereça mais cursos ainda no segundo semestre. As inscrições terminam dia 19 de junho e devem ser feitas pelo site www.vunesp.com.br (no link “Univesp- Processo Seletivo 2º Semestre 2018”).
Não há limite de idade e o custo da inscrição é de R$ 45,00. Nos três primeiros dias, de 21, às 10h, até 23, às 23h59, todas as pessoas inscritas no Cadastro Único do Governo Federal (CadÚnico) terão isenção da taxa. Os cursos são totalmente gratuitos. As provas serão realizadas no dia 8 de julho, às 14h, de forma presencial nas cidades que englobam diversas regiões do Estado de São Paulo. A lista completa de municípios e polos também estará disponível no site da Vunesp, a partir do dia 21.
Os cursos são realizados em Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), plataforma on-line na qual os estudantes desenvolvem atividades acadêmicas, que incluem assistir a videoaulas, acessar material didático, bibliotecas digitais e tirar dúvidas do conteúdo com tutores. Já os polos são espaços físicos onde os alunos contam com infraestrutura (computadores, impressoras e acesso à internet) e realizam atividades como provas e discussões em grupo. No local, também podem ser solicitados serviços de secretaria acadêmica e o esclarecimento de dúvidas. Por ser uma universidade pública, todas as videoaulas também podem ser acessadas pelo canal de youtube: https://www.youtube.com/user/univesptv
De acordo com o governador Márcio França, a Univesp representa a oportunidade para jovens cursarem graduações no padrão das melhores universidades brasileiras. “Para contribuir ainda mais com o ingresso à universidade, neste vestibular de 2º semestre, vamos disponibilizar a isenção da taxa de inscrição destinada às pessoas cadastradas no CadÚnico”, ressaltou.
Para a presidente da Univesp, a pedagoga Fernanda Gouveia, que assumiu a gestão em maio, sua missão é trabalhar na expansão do ensino superior e garantir a qualidade, com as parcerias da USP, Unesp, Unicamp e Centro Paula Souza. “A graduação a distância responde rapidamente às demandas da população mais vulnerável. Acredito que a educação transforma e a Univesp já contribui para essa realidade no Estado de São Paulo”, afirmou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui