Gás de cozinha está em falta na cidade

0
1274
Gás de cozinha se esgotou em três empresas da cidade. Foto: reprodução uol

A paralisação dos caminhoneiros entrou em sua segunda semana. Em Vargem Grande do Sul, alguns postos de combustível oferecem etanol, mas ainda não há previsão da chegada de gasolina ou diesel. O Hospital de Caridade atende sem problemas, assim como as Unidades Básicas de Saúde e o Posto de Pronto Atendimento (PPA). Já o gás de cozinha está em falta em três estabelecimentos do município.

Apesar das negociações com o governo, em muitos pontos do país o movimento dos caminhoneiros continua. Em Vargem Grande do Sul, os profissionais seguem parando alguns veículos durante o dia e liberando no final da tarde.No último sábado, dia 25, moradores de Vargem fizeram uma manifestação em apoio aos profissionais. Nesta terça-feira, dia 29, mais uma ação era prevista para ser realizada.

 

Combustível

Os postos Aquarius e São Joaquim estão em falta de óleo diesel, gasolina e etanol e não têm previsão de chegada destes combustíveis. Os postos Santana, Primeiro de Maio e São Paulo estão comercializando somente etanol. Já o Avenida ainda tem etanol e óleo diesel.

 

Gás

Na Central Gás, o estoque acabou na tarde da segunda-feira e não havia previsão de abastecimento. No Kiko Gás, os botijões se esgotaram na quarta-feira, dia 23. Nesta terça-feira, dia 29, eles receberam a informação que os caminhões ainda não saíram da distribuidora.

Já no César Gás, o gás de cozinha acabou no sábado, dia 26, à tarde. Eles ainda oferecem gás industrial. A empresa relatou que a carga que estava vindo para Vargem, está parada.

 

Saúde

De acordo com o Hospital de Caridade, a unidade está operando normalmente, com estoque de oxigênio e medicamentos.

 

Prefeitura

Apesar de ter declarado estado de emergência pública na última sexta-feira, dia 25, a prefeitura informou que os serviços públicos estão normais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui