Defesa Civil alerta para riscos da baixa umidade relativa do ar

0
476

Durante a estação de inverno é natural notarmos o ar mais seco e mais dificuldades para respirar, isso significa que a quantidade de água contida no ar diminuiu o que pode agravar doenças do trato respiratório e até ser causadores de doenças pela fácil propagação de vírus pelo ar como o da gripe por exemplo.
Por isso é importante estar atento aos níveis de umidade do ar que podem ser facilmente consultados via internet e outros meios de comunicação. De acordo com a Defesa Civil, é importante também saber que a baixa umidade relativa do ar possui três níveis que devem ser observados pela população, para que se possa evitar qualquer mal causado por este fator.

Níveis

O Nível 1, é considerado Estado de Atenção, quando a umidade relativa do ar está entre 20% e 30%. Nesse caso, o cuidado é permanecer protegido do Sol, evitar atividades ao ar livre entre 11h e 15h e umidificar ambientes com vaporizadores, toalhas molhadas, vasilhas com água etc.
O Nível 2, é o Estado de Alerta, com 12% e 20% de umidade relativa do ar. Os cuidados são evitar qualquer atividade ao ar livre entre 10h e 16h, evitar locais fechados com aglomeração de pessoas, umidificar olhos e nariz com soro fisiológico, além de todos os cuidados do Nível 1.
Por fim, o Nível 3, é o Estado de Emergência, com umidade relativa do ar abaixo de 12%. Entre os cuidados que devem ser adotados estão suprimir qualquer atividade ao ar livre entre 10h e 16h, suspender atividades em recintos fechados com aglomeração de pessoas entre 10h e 16h, umidificar ambientes, principalmente quartos de crianças e hospitais, além de todos os cuidados do nível II.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui