Segurança na cidade

0
450

A Guarda Civil Municipal realizou recentemente a operação Paz nas Praças. A medida teve como objetivo combater o tráfico de drogas e buscar resgatar o uso destes espaços públicos pelas famílias vargengrandenses.
De acordo com o comando da GCM, esta operação será contínua e se estenderá a várias praças da cidade. Inicialmente, as ações ocorreram na Praça Capitão João Pinto Fontão e na Praça Washington Luís.
As duas são praças centrais da cidade e são constantemente motivo de queixas de moradores à Polícia Civil e Militar, GCM e prefeitura. Leitores também já procuraram a Gazeta de Vargem Grande se queixando de escuridão, sujeira e também do uso destes espaços públicos para o tráfico de drogas.
A prefeitura, além da manutenção constante destas áreas, precisa investir também em efetivo na GCM. É notório que a corporação está com seu quadro reduzido. Há tempos não é convocado nenhum candidato que passou no último concurso para ocupar as vagas existentes e preencher a equipe.
A GCM atua em diversas frentes na cidade. Desde a ocupação inicial, de zeladoria, até o resgate em acidentes, captura de animais, ações de policiamento, defesa civil, trânsito e muitas outras.
Além de preencher melhor o quadro é preciso equipar melhor a equipe. Na ação do último sábado, houve uma série de situações que expuseram a segurança dos GCMs em risco. É o caso de conferir aos guardas o uso de armas não letais, como spray e gás de pimenta, teasers elétricos, tonfas.
Municiar os guardas com sistema de monitoramento de câmeras nos prédios e vias públicas, para facilitar e agilizar o trabalho, garantiria um incremento não somente para a GCM, mas também a Polícia Civil e Militar. Vargem só teria a ganhar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui