Agropecuária brasileira cresce mais de 16 milhões de hectares

0
527
Dados sobre Vargem ainda serão divulgados. Foto: Arquivo Gazeta

Agência do Radio

A área ocupada pela agropecuária no Brasil cresceu 16,5 milhões de hectares de 2006 a 2017, o que equivale a 5% do total do território nacional. Apesar do aumento, foi verificada maior concentração de propriedade. Havia 5,17 milhões de unidades em 2006 contra 5,07 milhões em 2017, uma redução de 2%.

Os dados foram divulgados nesta quinta-feira, dia 26, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) como resultado preliminar do Censo Agro 2017. Entre os endereços visitados, 6.582 (0,13%) ainda não responderam. Outros três mil questionários ainda passam por análise e 1.123 se referem à empresas ou grandes produtores. A divulgação final do Censo está prevista para junho de 2019.

Em 11 anos, o desemprego no setor agropecuário aumentou com a queda de 1,5 milhão do total de trabalhadores nas propriedades rurais. Por outro lado, ainda segundo o instituto, o número de tratores cresceu quase 50%. Segundo o técnico do IBGE, Antônio Florido, os números ainda precisam ser analisados, mas são consequências de uma evolução natural e tecnológica do país.

Já o número de produtoras mulheres no setor cresceu de 12,7% para 18,6%, o que, segundo a pesquisa, é resultado do envelhecimento da população em geral. Há casos, inclusive, de mulheres casadas com produtores que já não conseguem mais cuidar das terras.

O Censo revela ainda que a produção agropecuária mudou. Houve aumento total de 1,6 milhão (20,4%) no número de produtores que utilizam agrotóxico. Florido explica que a preocupação se relaciona à utilização dos materiais e se os trabalhadores recebem o auxílio necessário para a aplicação desses produtos.

Dentre os estados do país, Pará e Mato Grosso foram os que mais cresceram em território agropecuário. O aumento nas terras paraenses ocorreu, principalmente, em áreas de pastagens, enquanto no Mato Grosso, em lavouras. A região Nordeste sofreu a maior queda em dimensão territorial do setor.

Em Vargem

Em junho, representantes de segmentos da agricultura em Vargem e do IBGE participaram de uma reunião com objetivo apresentar os dados preliminares do Censo Agro 2017 do município e tirar dúvidas a respeito de algumas informações. Os resultados da cidade serão divulgados posteriormente.

Participaram do encontro, o Coordenador de Subárea do Censo Agropecuário 2017, João Rafael Garcia, os vereadores Laércio (PPS) e Wilsinho Fermoselli (DEM), o responsável pela Casa da Agricultura, Ciro Manzoni, a assessora do Departamento de Agricultura e Meio Ambiente, Karine Valentim e o presidente do Sindicato Rural, João Batista Machado do Amaral. Durante a reunião, foram apresentados alguns dados como área, lavouras, pecuária, perfil do produtor, perfil de quem reside nas propriedades, entre outros dados. O grupo também avaliou algumas informações que precisariam aprofundamento.

Dados sobre Vargem ainda serão divulgados. Foto: Arquivo Gazeta

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui