Após investigação, Polícia Civil prende traficante com 1 kg de cocaína

0
1116
Polícia aprendeu dinheiro, arma de airsoft e mais de 1 kg de cocaína; cada grama da droga era vendida a R$ 50,00. Foto: Polícia Civil

A Polícia Civil de Vargem Grande do Sul prendeu no final da tarde de quarta-feira, dia 29, um rapaz com mais de 1 kg de cocaína. Ele vendia porções de droga a R$ 50,00 e comercializava o entorpecente para usuários com alto poder aquisitivo de Vargem, conforme apontou as investigações realizadas.

Há meses a Polícia Civil de Vargem vem realizando uma intensa ação de combate ao tráfico, principalmente visando suspeitos que vendem drogas em maior volume na cidade, com informações obtidas de diversas fontes e que já possibilitou a prisão de pessoas envolvidas com este crime no município e a apreensão de mais de 2 kg de cocaína.

Durante as investigações voltadas a essas ações, a Polícia Civil chegou a um suspeito, um homem de 32 anos. Sua família possui um estabelecimento comercial no Jardim Dolores e a investigação, segundo informou a Polícia Civil à Gazeta de Vargem Grande, apontou que o homem utilizava um caixa desativado no estabelecimento para comercializar a droga, especificamente cocaína. As porções eram escondidas na gaveta desse caixa e eram entregues aos usuários após pagamento.

A Polícia Civil conseguiu apurar ainda que ele vendia porções maiores da droga para um grupo seleto de pessoas, com maior poder aquisitivo. As equipes realizaram monitoramento das atividades do rapaz e aguardaram o melhor momento para agir.

Assim, na quarta-feira, dia 29 de agosto, foi solicitado o mandado de busca e apreensão para o estabelecimento e para a casa do suspeito, que fica no andar de cima do imóvel. Na posse do mandado, os policiais foram até o endereço e aguardaram a chegada do suspeito.

Ele foi abordado e tomou ciência do teor das diligências a serem feitas. De acordo com a Polícia Civil, de início ele negou o envolvimento com o tráfico de drogas. Durante uma busca pessoal, os policiais encontraram R$ 700,00 em notas diversas em seu poder.

Já no estabelecimento, dentro do caixa desativado, os policiais localizaram três porções de cocaína e R$ 600,00. Neste momento, ele relatou que a droga era para uso pessoal e o dinheiro pertencia ao estabelecimento. Segundo a Polícia Civil, seu pai, que acompanhava a diligência, de imediato negou que as cédulas pertenciam ao estabelecimento.

Ao realizar a vistoria no quarto da casa do suspeito, no andar de cima, dentro de uma caneca de metal estavam 8 porções de cocaína. Na cozinha, em um armário, estavam mais cinco porções de tamanho maior. Havia também fita crepe, tesoura e uma balança, além de R$ 1.583,00. Em um segundo armário, onde estavam guardados utensílios domésticos, dentro de um saco de papel, os policiais encontraram um tablete de cocaína que pesou 1,020 kg.

No local, o homem acabou confessando aos policiais que estava realizando o tráfico de drogas e que ele mesmo adquiria o entorpecente em São Paulo, há alguns meses. Ao todo, a Polícia Civil apreendeu 1,103 kg de cocaína e R$ 2.885,00 em dinheiro. Também foi localizada uma arma de airsoft e duas munições calibre 38. Ele foi preso em flagrante por tráfico de drogas. Conforme o relatado, a Polícia Civil tem conhecimento que o homem comercializava cada grama de cocaína a R$ 50,00 e que obtinha de lucro até o triplo do valor do que pagava pela droga.

A Polícia Civil ainda acredita que ele também pode ter fornecido quantidades menores para outros traficantes revenderem a droga na cidade e as investigações continuam.

Polícia aprendeu dinheiro, arma de airsoft e mais de 1 kg de cocaína; cada grama da droga era vendida a R$ 50,00. Foto: Polícia Civil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui