Vargem sobe três vezes ao pódio no Paulista por Faixas de Judô

0
783
Matheus conquistou o bronze no torneio. Foto: Jita Kyoei

Atletas de Vargem Grande do Sul representaram muito bem o município durante o Campeonato Paulista por Faixas 2018, realizado pela Federação paulista de Judô, no último dia 1º de setembro, no Ginásio Municipal Poliesportivo “Antonio Baldusco”, em Itapecerica da Serra (SP). Maria Eduarda Fermoselli Adão conquistou a medalha de ouro, Márcia Roseli Andrade Otero ficou com a medalha de prata e Matheus Scacabarozi ficou com a de bronze, cada um em sua categoria, no torneio. Os atletas fazem parte da equipe da Associação Jita Kyoei de Judô, sob a responsabilidade do sensei Marco Aurélio Lodi.

Matheus conquistou o bronze na categoria meio leve, Márcia foi medalha de prata na categoria pesado e Maria Eduarda foi a campeã na categoria meio médio. “Uma grande conquista para Vargem Grande do Sul, numa das competições mais acirradas da Federação Paulista de Judô” disse Marco. “Estes atletas orgulham nossa cidade e nosso judô. Fruto de treino sério e forte”, ressaltou.

Maria Eduarda

Faixa verde, a judoca Maria Eduarda Fermoseli tem 15 anos e contou à Gazeta como foi conquistar o ouro no torneio. “Foram quatro lutas bastante disputadas, precisei de muita atenção, foco e garra para chegar a finalização com os ippons em cada adversária”, disse.

Ela também comentou que durante o campeonato tem sempre a preocupação a respeito das adversárias que vai enfrentar. Para a judoca, o resultado foi muito positivo. “Pois tenho me dedicado ao judô nos treinos diários para alcançar o objetivo de ser campeã”, afirmou.

“Este resultado significa muito para mim. Agora foco para ser campeã Paulista de 2018”, disse, lembrando do torneio que será disputado em breve. Finalizou agradecendo aos seus sanseis Daniel Garcia, Guilherme Daud e Guilherme Martinati, e também ao sansei Marco, que lhe ensinou os primeiros passos no judô, principalmente o companheirismo dos atletas da associação Jita Kioey e o principal de tudo, a sua espiritualidade em Deus e o apoio de seus pais Juliana e João Ney e também seus familiares.

Matheus

O também faixa verde, Matheus Henrique Scacabarozzi tem 17 anos e ganhou medalha de bronze na competição. Ele relatou à Gazeta que a competição foi muito forte e muito disputada. “Adversários experientes, lutei com atletas de categoria acima da minha”, disse. Sobre o resultado Matheus disse que buscava mais. “Não era o resultado que eu esperava, mas pelo nível dos atletas e as dificuldades encontradas o resultado foi bom. Obtive conhecimento e experiência”, relatou.

Matheus finalizou dizendo que o resultado da competição para ele foi uma conquista, superação no campeonato e experiência para as próximas competições.

Márcia

A Gazeta também conversou com a judoca Márcia Roseli de Andrade Otero, de 41 anos de idade. Ela pratica o esporte há 3 anos e é faixa amarela. Ela disse que foi uma competição de altíssimo nível e seu quinto campeonato oficial. Márcia comentou que a maior dificuldade é a viagem que é demorada, pois a equipe saiu de Vargem às 3h da manhã para chegar às 7h no local da competição e a luta foi às 13h. Lembrou que ainda é preciso enfrentar a balança. A pesagem é feita primeiro nos faixas marrom e roxa, para depois ser realizada a pesagem de sua faixa.

Ela também falou que é da categoria máster, mas na competição lutou na categoria sênior, contra atletas a partir dos 18 anos. Lembrou que o judô da capital é mais forte, pois tem mais incentivo e também mais competidores. Márcia também comentou que possui bom condicionamento físico, mas falta técnica ainda por causa do pouco tempo no esporte. Esta foi sua terceira final do Paulista e comentou que uma das dificuldades é conseguir patrocínio.

Sobre o seu resultado na competição Márcia relatou que gostaria de ter sido campeã, mas afirmou que se sente grata por ter conseguido a segunda colocação. Para ela, este resultado significa que ela está evoluindo.

Márcia agradeceu aos seus sanseis, ao Departamento de Esportes, aos seus familiares e a Jita Kyoei pelo apoio que tem dado em seu treinamento e também nas competições.

Formação

No domingo, dia 2 de setembro, os judocas da Jita Kyoei Rafael da Costa Casagrande, Gabriel da Costa Casagrande, Glauber Fortini , Marcelo Fiorete Gorini e Osvaldo Quessa estiveram em Pirassununga, no dojo da Academia da Forca Aérea, participando do Módulo de Fundamentos Técnicos de Judô, curso obrigatório para o exame de faixas pretas, da Federação Paulista de Judô. “Mais uma vez a Jita Kyoei representada em um dos importantes e especiais cursos de judô do estado de São Paulo”, lembrou o sensei Marco Lodi

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui