Painel 08 de dezembro de 2018

0
725

Eleição da Mesa

O vereador Felipe Gadiani (MDB) volta a presidir a Câmara Municipal em 2019. Único a se inscrever para o cargo, ele foi eleito por unanimidade na sessão da segunda-feira, dia 3 de dezembro.

E o racha?

Os dias que antecederam a eleição da mesa foram de muitas articulações entre os vereadores. Apesar dos cargos contarem com apenas um único inscrito para cada um, foi preciso muita conversa para que o racha entre o G8, formado pelos vereadores Alex (PRB), Bertoleti (PSDB), Célio (PSB), Gabé (PTB), Felipe, Fernando Corretor (PRB), Paulinho da Prefeitura (PSB) e Wilsinho Fermoselli (DEM) e os demais membros do Legislativo, o G5, formado por Serginho da Farmácia (PSDB), Canarinho (PSDB), Guilherme Nicolau (MDB), Zé Luís da Prefeitura (PPS) e Laércio Anacleto (PPS), não piorasse.

Mas…

Apesar da sessão ter sido bastante tranquila, houve um momento em que as divergências voltaram a ficar claras. Na votação do nome de Wilsinho para vice-presidente e na de Paulinho para primeiro secretário, todos os vereadores do G5 votaram contra seus nomes. Os votos não foram suficientes para derrubarem estes nomes, mas mostrou claramente um certo descontentamento dentro da Câmara.

Pagamento da parcela

Em sessão extraordinária realizada na quinta-feira, dia 6, os vereadores votaram o pagamento de mais uma parcela da compra do Casarão pertencente à família Dutra e que agora passa por reformas para receber o Departamento de Educação. No empate entre os presentes, Fernando deu o Voto de Minerva pela aprovação.

Orçamento

Os vereadores aprovaram na segunda-feira, dia 3, o Orçamento para 2019 que está previsto em R$ 127 milhões, sendo que R$ 103,3 milhões serão destinados à prefeitura, R$ 2,6 milhões para a Câmara, R$ 12 milhões para o Fupreben e R$ 9,5 milhões para o SAE.

Emenda

A peça recebeu uma emenda, de autoria do vereador Paulinho e aprovada por todos, visando a suplementação do auxílio alimentação dos servidores públicos municipais em R$ 400 mil ao todo. Paulinho lembrou que a última revisão no benefício foi em março de 2016. A emenda vai à sanção do prefeito.

Despedida

Última sessão ordinária do ano, a reunião de segunda-feira, teve também clima de final de ano entre os vereadores, que elogiaram a postura dos colegas durante o exercício do mandato em 2018. Os vereadores também agradeceram os serviços do advogado Valter Luís de Mello, que deverá deixar o cargo de assessor jurídico, com a contratação do procurador aprovado em concurso. A Câmara entra de recesso de sessões ordinárias. As reuniões serão retomadas no dia 4 de fevereiro. No entanto, o expediente na Casa continua normalmente e os vereadores podem realizar sessões extraordinárias quando convocados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui