Painel 22 de dezembro de 2018

0
577

Sindicância

A prefeitura, pela Portaria N.º 16.601, de 17 de dezembro de 2018, instaurou a Sindicância Administrativa para apurar o desvio de R$ 127 mil das contas correntes da municipalidade, ocorrida em outubro, conforme a reportagem publicada pela Gazeta de Vargem Grande no dia 1º de dezembro.

Investigação

Segundo o publicado no Jornal Oficial do Município, o prefeito Amarildo Duzi Moraes (PSDB), usando de suas atribuições legais, considerando o dever da autoridade competente que tiver ciência de supostas irregularidades no serviço público a promover a sua apuração; considerando o memorando interno n.º 087/2018 – GAB/ASS e documentos, aduzindo em síntese que em data de 1º de outubro de 2018, três das contas disponibilizadas pelo Banco Santander, foram objeto de transações eletrônicas mediante transferência por contas de titularidades desconhecidas, no importe total de R$ 149.641,00, o que motivou a elaboração do Boletim de Ocorrência e resolveu instaurar a Sindicância Administrativa para a apuração dos fatos.

Montante

Na reportagem da Gazeta, a prefeitura informa que através da conciliação bancária, o Departamento de Finanças da Prefeitura teve conhecimento de seis transferências do Banco Santander, que totalizaram em torno de R$ 149 mil, sendo que efetivamente foram transferidos em torno de R$ 127 mil de três contas da municipalidade para contas desconhecidas do mesmo banco. “De imediato, solicitamos o bloqueio de todas as contas existentes no referido banco, e em seguida, encaminhamos ofício solicitando esclarecimentos do ocorrido”, informou o prefeito Amarildo à reportagem.

Comissão

A sindicância será conduzida por uma comissão composta por seis servidores que deverão concluir os trabalhos em 45 dias. As funções da comissão não são remuneradas.

Wilsinho

O vereador Wilsinho procurou a Gazeta para informar que está percorrendo os departamentos da prefeitura, como Promoção Social, Cultura, Caps, Unidades Básicas de Saúde, demais repartições para agradecer os servidores e o trabalho que fizeram a população.

Sem previsão

Vargem Grande do Sul está sem o serviço de estacionamento rotativo, o serviço de Zona Azul, desde abril de 2018. O jornal perguntou à prefeitura se há proposta para retomar a concessão do serviço, mas o Executivo informou que não existe qualquer estudo no momento para retomar a concessão do serviço.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui