Presidente do Conselho Municipal comenta ranking ambiental

0
327

A posição de Vargem Grande do Sul no ranking do Programa Município Verde e Azul (PMVA) 2018 foi divulgada na penúltima edição da Gazeta de Vargem Grande. A cidade ficou em 285º lugar na avaliação, um projeto do Governo do Estado de São Paulo lançado em 2007 pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente que tem o propósito de medir e apoiar a eficiência da gestão ambiental com a descentralização e valorização da agenda ambiental nos municípios.

Vargem subiu 95 posições, passando do 382º lugar, com 11.26 pontos, para o 285º, somando 18.84 pontos. Ainda assim, muito longe dos 80 pontos necessários para obter a certificação de Município Verde Azul.

“Atualmente, o Departamento de Meio Ambiente conta com apenas um funcionário da área, sendo seu trabalho focado no atendimento das questões ambientais de caráter mais urgente”, avaliou Melissa Ranzani, presidente do Conselho Municipal do Meio Ambiente.

Segundo ela, para atender as demandas do programa, é necessário obter muito investimento, o que é impedido atualmente em Vargem pelo corte de despesas. “Algumas ações para pontuação demandam investimento, como por exemplo, a calçada ecológica. A atual situação financeira da administração pública não é favorável, e muita coisa está sendo feita visando o corte de despesas. Então muitas atividades para pontuação do Município Verde e Azul acabam sendo inviáveis por esse motivo”, comentou. “Então basicamente o problema da nossa baixa pontuação é falta de verba para contratação de funcionários específicos para essa tarefa e falta de verba para a execução de muitas das atividades propostas”, complementou a presidente do Conselho Municipal do Meio Ambiente.

Na região, Águas da Prata apresentou melhor desempenho, com nota 89.68, alcançando o 12º lugar no Estado. “Em alguns municípios vizinhos, como Águas da Prata, a nota é alta devido a quantidade de pessoas que trabalham especificamente com as diretrizes do município verde e azul”, comentou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui