III Encontro Down já tem data marcada

0
746
Encontro reuniu muitas crianças e suas famílias em 2018. Foto: Divulgação

O III Encontro Down: Eu posso ser quem eu quiser ser! “Empoderamento, Conquistas e Sonhos” será realizado nos dias 14, 15 e 16 de março em São João da Boa Vista. As atrações dos dias 14 e 15 serão no auditório da Universidade Anhanguera, localizado à rua Cristiano Osório nº 30, e o encerramento no dia 16, será na Casa Geraldo Eventos.
O Encontro é organizado pelo Grupo de Mãos Dadas, que este ano conta com o apoio e parceria da Universidade Anhanguera, Casa Geraldo Eventos SJBV, G2MA, Wizard Vargem Grande do Sul e Credisan para a sua realização.
O evento é gratuito e aberto ao público, podem participar pessoas de São João da Boa Vista e região. As inscrições para o encontro deste ano serão feitas através do portal da Universidade Anhanguera www.anhanguerasjbv.net/elementor-594 e as vagas são limitadas. Os participantes receberão certificado de participação em todas as atrações do evento e apenas em sua palestra de encerramento, no dia 16 de março, os organizadores pedem a doação de um 1Kg de alimento não perecível que será doado posteriormente as instituições da cidade.
Em 2019, de acordo com uma de suas idealizadoras o foco do encontro foi trazer profissionais renomados do país que pudessem empoderar os jovens, crianças e famílias de pessoas com Síndrome de Down. Nas primeiras edições, o foco foi divulgar o Dia Internacional da Síndrome de Down e oferecer um momento para que as pessoas com a síndrome pudessem ficar juntas, reunindo famílias. Na terceira edição, com o tema empoderamento, o objetivo é ressaltar que eles podem ser o que quiserem, que precisam de oportunidades, de estímulos e que isso só será atingido se tiver o apoio de toda a sociedade, desmitificando a síndrome e trazendo informação e conhecimento.
Com o apoio da Anhanguera, neste ano haverá muitos alunos envolvidos no evento e isso deixa seus organizadores felizes, pois este é o seu intuito maior, levar esse conhecimento para dentro de universidades no preparo dos futuros profissionais e assim, cada vez menos será necessário falar de inclusão, uma vez que eles já terão esse contato e preparo em sua trajetória universitária.

Programação

A palestra de abertura do evento será realizada na Anhanguera no dia 14 de março à partir das 19h, com Rafael Atkinson Carvalho, um rapaz de 22 anos que com muita superação, tem encantado pessoas, modificando vidas, conceitos e mudando olhares.
No dia 15, no auditório do Polo Ahanguera, a partir das 19h haverá o Encontro de Famílias, que reunirá famílias de pessoas com Síndrome de Down para que se conheçam, falem de seus medos, suas superações e possam se ajudar para que seus filhos tenham autonomia e independência. ElO encontro contará com a participação da dra. Ana Cláudia Brandão, especialista em alergia e imunologia pediátricas pelo Instituto da Criança da FMUSP, pediatra responsável pelo Programa de Síndrome de Down do Hospital Israelita Albert Einstein e membro da Down Syndrome Medical Interest Group e da Trisomy 21. A médica irá abordar assuntos relacionados à saúde, superproteção e infantilização.
No dia 16, último dia de evento, haverá uma manhã de lazer das 9h até às 12h no Haras BR-Corações Unidos, com a apresentação da banda Jac Blue, que toca músicas pop e é formada por alunos da APAE de Aguaí e coordenada pelo maestro Tony, um dos organizadores do Encontro Down.
O III Encontro Down será encerrado na Casa Geraldo Eventos, com a participação de crianças e jovens com Síndrome de Down que farão apresentações de música e dança. Seus organizadores falarão sobre o nascimento do projeto Encontro Down e divulgarão trabalhos que já vem sendo realizados em São João da Boa Vista voltados para este público.
Finalizando o evento, o cineasta Alex Duarte participará de um bate papo com os presentes, abordando assuntos como empoderamento da pessoa com Síndrome de Down, das conquistas de seus sonhos, dos projetos e da importância do amor e da aceitação para a superação das dificuldades. Alex é um jovem empreendedor social e diretor do Ime e projeto Cromossomo 21, foi o primeiro jovem no Haiti a documentar a Missão de Paz da ONU e é premiado por este trabalho no Festival de Cinema de Gramado

Projeto

O Projeto “Encontro Down” foi criado pelo Grupo de Mãos Dadas, que conta com profissionais das áreas de educação e saúde que se dedicam para que a inclusão esteja em evidencia e que as pessoas com Síndrome de Down sejam respeitadas e valorizadas em seus potenciais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui