Assembleias da Sicredi União PR/SP têm recorde de participação em SP

0
710
Evento reúne centenas no Espaço Recanto do Rio Pardo. Foto: Divulgação

Ignácio Garcia

Iniciadas por cidades paranaenses, as assembleias de prestação de contas da Sicredi União PR/SP chegaram às regiões Centro e Centro Leste Paulista nas duas últimas semanas e contaram com grande participação dos associados nos nove municípios por onde já passaram. Balanço parcial apontou que 3.579 associados e convidados participaram.

São João da Boa Vista, município que conta com três agências da instituição financeira cooperativa, a concentração de público mais que dobrou em relação ao ano passado e superou as expectativas.

A reunião, que também reuniu clientes da agência Sicredi Águas da Prata, concentrou cerca de 1.100 associados e convidados na sede social da Sociedade Esportiva Sanjoanense (SES), na noite de terça-feira (5). Na mesma noite, Tapiratiba também recebeu 266 associados em assembleia.

Um dia antes, na segunda, dia 4, as reuniões ocorreram em Caconde e Casa Branca, com a presença de 219 e 353 pessoas, respectivamente. Na quarta-feira, dia 6, as assembleias aconteceram em Vargem Grande do Sul (355) e Espírito Santo do Pinhal (530) e, na quinta (7), com cerca de 161 em Americana e 595 em Mogi Guaçu.

Números

Durante as assembleias, foram apresentados os resultados expressivos referentes ao exercício 2018. Ano passado, o quadro de associados saltou de 164.919 em 2017 para 202.727 em 2018, o que representa um crescimento de 23%. Os recursos totais (depósitos) aumentaram 24%, passando de R$ 2,370 bilhões para R$ 2,968 bilhões, acréscimo de 25% entre 2017 e 2018. Já as operações de crédito subiram de R$ 1,579 bilhão para R$ 2,093 bilhões, 33% a mais.

“Esse é um dos grandes diferenciais da cooperativa em relação a outras instituições financeiras. Nós prestamos conta para nossos associados, mostramos o que foi realizado em 2018, o que estamos planejando para 2019, para ajudarem e tomarem as decisões junto com a cooperativa como, por exemplo, sobre sobras e juros ao capital. Esse é um momento muito importante e o ponto alto da cooperativa: a valorização do associado. Através dessas assembleias, o cooperativismo passa a ficar mais conhecido, as pessoas começam a confiar mais na cooperativa e nos ajuda nesta expansão que estamos projetando para os próximos anos”, ressaltou o presidente da Sicredi União PR/SP, Wellington Ferreira.

O presidente destacou, ainda, o valor dispensado pela cooperativa às pessoas. “Quem acompanha a nossa prestação de contas, observa que a cooperativa não está somente preocupada com a parte econômica. Temos um trabalho fantástico de transformação nas comunidades, nos municípios onde atuamos, e somos muito preocupados com o desenvolvimento regional, com a educação, a formação das pessoas, com todos os projetos que nós temos”, enfatizou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui