JCN vence Taça dos Campeões

0
316
JCN comemora o título. Foto: Liga do desporto amador

Equipe sanjoanense venceu a Vargeana por 3 a 1 em partida realizada no domingo, no Estádio Municipal Dr. Gabriel Mesquita

O time SE Grupo JCN, de São João da Boa Vista faturou a 7ª edição da Taça dos Campeões Regionais de Futebol, a Taça Sicoob Crediçucar, realizada pela Liga do Desporto Amador Vargengrandense e o Departamento Municipal de Esporte e Lazer da Prefeitura, ao vencer a Associação Atlética Vargeana por 3 a 1 no último domingo, dia 24.

A Taça, que neste ano homenageou Lauro Plínio Verona e Wanderley Maximo, contou com a participação de 16 equipes que venceram torneios em toda a região em 2018. A final foi disputada no Estádio Municipal Dr. Gabriel Mesquita, a Vargeana, e contou com um bom público.

Antes da final, houve a preliminar entre os veteranos do Ajax FC e do Juá FC. As duas equipes contavam com jogadores em bom preparo físico, que proporcionaram um bom jogo para os espectadores. O Juá abriu o placar com Nando e o Ajax empatou com Pelé, terminando em 1 a 1.

Festa

Durante a entrada das finalistas houve queima de fogos. Foi executado o hino nacional e em sequência a Liga do Desporto Amador Vargengrandense homenageou Lauro Verona e Wanderley Maximo com placas de louvor.

Final

O JCN surpreendeu e abriu o placar logo aos 3 minutos, em uma cobrança de falta do zagueiro Caetano, que segundo Juninho Chareli, presidente da liga, contou com a ajuda do “morrinho artilheiro” para tirar o goleiro Dida da defesa. O time de São João ampliou três minutos depois, com David. Com o domínio do placar, o JCN segurou o jogo no primeiro tempo.

Com o forte apoio da torcida, a Vargeana tratou de assumir a partida e aos 49 minutos, Leandro Cunha em uma bela jogada que terminou com um chute de fora da área diminuiu para a Vargeana. Porém, em um contra ataque veloz pela direita, Diego luz encontrou Antônio Telles em ótima posição para marcar o terceiro gol do JCN, selando a vitória da equipe sanjoanense.

A arbitragem da final foi por conta de Paulo Edson Andreato, Enderson E. Turbiane e José Paulo P. Mariano, da Federação Paulista de Futebol.

Vargeana

O técnico da Vargeana, Marquinho Moraes, destacou que a equipe conquistou resultados bastante positivos nos últimos meses. “Em três campeonatos, chegamos a três finais e vencemos duas: o regional de São João e o municipal de Vargem, além de termos sido vice da Taça dos Campeões”, afirmou.

Sobre a final, ele destacou que o time não estava em um bom dia. “Entramos desatentos e com seis minutos de jogo, tomamos dois gols. Para tirar foi difícil, ainda mais jogando contra uma forte equipe. Procuramos, fomos para cima, igualamos o ritmo, mas não deu”, disse.

Ele ainda lamentou a não marcação de dois pênaltis para a Vargeana. “Teve um não marcado em cima do Mateus Benini. Um pênalti legítimo, teve muita reclamação. Eu vi as imagens da TV União e foi nítido”, comentou. “No começo do segundo tempo fizemos um gol. Tivemos uma chance claríssima de empatar, mas a bola não entrou. Em seguida, mais um pênalti não marcado em cima do Leandro Cunha e no contra ataque, tomamos o terceiro gol”, disse Marquinho.

“Infelizmente foi uma arbitragem meio complicada nessa reta final e a gente fica meio triste. Mas não temos o que falar, errar é humano e infelizmente, tivemos duas penalidades não marcadas”, avaliou.

Ele agradeceu os atletas e a comissão técnica da Vargeana. “Saímos de cabeça erguida. Não veio o título, mas disputamos essa final. Foram 16 equipes campeãs da região, ficamos em segundo lugar e para nós é de bom tamanho”, afirmou.

Agora, o time se prepara para o Regional de São João, que começa em abril. “Vamos manter a mesma equipe, procurando trazer de três a quatro reforços”, afirmou.

Destaques

A Taça se encerra com o JCN como campeão, a Vargeana como vice-campeã e o Fut Rap, de Tambaú, na terceira colocação.

O troféu Torcida Fair Play foi para o Fut Rap. O troféu de jogador destaque foi para o Nenê, também do time de Tambaú. O de melhor goleiro para Decanini Jr., do JCN. O time sanjoanense também levou o troféu de artilharia, para David. Já o troféu de craque da competição foi para Fubá, da Vargeana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui