Painel 09 de março de 2019

0
548

No Rio

No dia 26 de fevereiro, em depoimento na 7ª Vara Criminal Federal, o ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, falou sobre um esquema de desvio de recursos da Saúde no estado e citou a Organização Social Pró-Saúde, bem como Dom Orani Tempesta, arcebispo do Rio de Janeiro, natural de São José do Rio Pardo.

Pronunciamento

Na quinta-feira, dia 28 de fevereiro, Dom Orani se pronunciou sobre o caso e agradeceu pelas demonstrações de carinho, apoio e orações. “A nossa arquidiocese, nossa casa, está aberta a qualquer pessoa. Sempre recebo a todos, assim como também vou a muitos lugares para compartilhar alegrias, tristezas, sofrimentos. Esse relacionamento não escolhe pessoas. Todos são testemunhas e, por isso mesmo, nesse afã de procurar servir, nós vamos continuar sempre sendo julgados, muitas vezes de maneiras não muito corretas”, afirmou. “Tenham certeza de que o arcebispo do Rio de Janeiro é bastante preocupado com o bem dos pobres, dos necessitados, no intuito de levar as pessoas a viverem cada vez melhor, com esperança e confiança, e, por isso, esse abraço e bênção especial a todos aqueles que manifestam esse carinho e essa preocupação. Estou muito bem, com a consciência tranquila e em paz. Ao mesmo tempo, desejo que vocês continuem rezando por mim e para que, cada vez mais, as pessoas que nem sempre falam muito bem dos outros, experimentem também o perdão, a reconciliação e a paz em seus corações. Que juntos possamos construir um mundo mais justo, mais humano e mais fraterno”, finalizou.

Imposto de Renda

Começou no dia 7 de março o prazo para entrega da declaração do imposto de renda. O contribuinte pode destinar parte do imposto devido para o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) de Vargem e assim, ao invés do valor ir para o governo Federal, para depois ser distribuído, ele permanece na cidade, para financiar projetos de entidades vargengrandenses destinados às crianças.

Destinação

A pessoa física que possuir Imposto de Renda a pagar ou a restituir apurado na declaração de renda anual (Modelo Completo) poderá efetuar a destinação de até 6% do imposto de renda ao Fundo Municipal. A pessoa jurídica deve fazer a apuração com base no Lucro Real e poderá destinar até 1% do imposto devido ao Fundo Municipal. Informações pelo (19) 3641-6056.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui