Dupla é pega pela PM com maconha e crack

0
643

Os policiais militares Salomão e Lasmar receberam na tarde do domingo, dia 10, uma denúncia sobre dois rapazes, um de 23 e outro de 25 anos, que estariam vendendo drogas em um bar do Jardim Santa Marta. De acordo com o relatado pela PM à Gazeta, também era de conhecimento dos policiais outras denúncias sobre o envolvimento da dupla com o tráfico.

Os policiais então resolveram passar em frente ao bar para analisar o local e planejar a abordagem. Porém, ao passarem pelo estabelecimento, os policiais viram o rapaz mais jovem sair do bar e passar a caminhar pela calçada no momento em que percebeu a presença da viatura. O rapaz demonstrou nervosismo e ameaçou correr de volta para o bar, que estava cheio de clientes. Por este motivo, foi abordado pelo cabo Lasmar e em seu bolso foram encontradas quatro pedras de crack, bem como R$ 44,00.

Enquanto isso, o soldado Salomão entrou no bar e viu que o outro rapaz que constava da denúncia, estava pelo local. Todos foram informados que seriam revistados, e neste momento o rapaz de 25 anos começou a incitar os demais presentes para que investissem contra os policiais. Como os PMs já haviam solicitado o apoio de outras viaturas, com a chegada de mais policiais foi possível revistar as pessoas, sendo que quatro acabaram detidas por terem tentado se opor contra a ação policial e um deles, estava com uma faca.

O rapaz mais velho tentava impedir que o abordasse, sendo necessário a utilização de força física para contê-lo e algemá-lo, momento em que bateu a mão na parede e se machucou. Durante a revista, os policiais encontraram R$ 150,00 com ele. Em seguida, os policiais foram até a casa dele que fica bem próxima ao bar, onde a esposa autorizou a entrada na residência. Na tampa de uma garrafa de café, os policiais encontraram uma porção de maconha pronta para ser comercializada, no armário da cozinha localizaram onze pedras de crack iguais às apreendidas em poder do outro rapaz, além de uma faca com resquícios de pó branco.

Por causa do tumulto no local do ocorrido, não foi possível realizar buscas pela residência do rapaz mais jovem. Como não havia dúvidas de que os dois estavam realmente associados ao tráfico, ambos receberam voz de prisão. Quando questionados sobre os fatos, o mais jovem permaneceu calado, enquanto o outro negou a prática dos crimes e informou que apenas na delegacia tomou conhecimento de sua prisão. Os dois foram autuados em flagrante delito e recolhidos a cadeia pública de São João da Boa Vista.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui