Conferência Municipal do Idoso discutiu políticas de atendimento na cidade

0
175
Grupo debateu políticas públicas para os idosos. Fotos: Prefeitura

O Conselho Municipal do Idoso e o Departamento de Ação Social realizaram no último dia 28, a Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa, no pátio do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), com a participação de dezenas de pessoas, entre eles, idosos que utilizam os serviços da rede socioassistencial, integrantes da rede, comunidade e autoridades.

A conferência teve como tema “Os desafios de Envelhecer no Século XXI e o papel das políticas públicas”, e dentro do tema os grupos trabalharam quatro eixos, como direitos fundamentais na construção e efetivação das políticas públicas; educação: assegurando direitos e emancipação humana; enfrentamento da violação dos direitos humanos da pessoa idosa e os conselhos de direitos: seu papel na efetivação do controle social na geração e implementação das políticas públicas.

A Conferência ficou a cargo de uma comissão organizadora, composta por membros do poder público, como Eliana Aparecida Rici Cândido, Deise Aparecida dos Santos Salvador, Patrícia Maria Teodoro Ribeiro e Sandra Marina de Souza Legnaro Coelho e membros da sociedade civil, como conceição Aparecida Della Torre Cachola, irmã Elisabeth Célia Leandro, irmã Aparecida Donizete de Freitas e Regina Gasparini.

Compuseram a mesa principal o chefe de gabinete, Celso Henrique Bruno que na oportunidade representou o prefeito Amarildo Duzi Moraes; a presidente do Conselho Municipal do Idoso, Conceição Cachola; a diretora de Ação Social, Eva Vilma da Silva Rodrigues; o vice-presidente da Câmara, Wilsinho Fermoselli (DEM) e a palestrante Marli Fernandes dos Santos.

Após a execução do hino nacional, a mestre de cerimônias, Beatriz Marino Simão Taliba Arten, agradeceu a presença de todos, das autoridades que compuseram a mesa; da primeira-dama Maria Aparecida Teijada de Moraes, do vereador Laércio Anacleto (PPS) e dos idosos e comunidade participantes.

Após as falas da mesa, o Grupo de Dança do Centro de Convivência do Idoso “Haydée e Antônio Longuini Neto” fez uma apresentação de danças circulares recebendo o aplauso do público. Após a leitura e aprovação do Regimento Interno, a palestrante Marli, que é Bacharel em Serviço Social, gestora social, pós-graduada em fortalecimento de vínculos com idosos, falou dos eixos para nortear as discussões dentro da realidade do município.

Trabalho

Os presentes foram organizados em grupos para discussão e elaboração de proposta e, dentre elas, estão fortalecer o trabalho do Conselho dos Idosos; garantir o repasse de recursos estaduais, federais e municipais para o fundo do idoso; ampliar o atendimento na área de saúde com mais especialistas em cardiologia e geriatria; a promoção de cursos na área de educação para pessoas a partir de 60 anos.

Na eleição de delegados que poderão participar da Conferência Estadual, foram escolhidos como representantes do poder público Fabiana Cristina da Silva (titular) e Patrícia Maria Teodoro Ribeiro (suplente) e representantes da Sociedade Civil, Isabel Pedroso Schiavo (titular) e João Batista Marques da Silva (suplente).

As propostas e os nomes dos delegados eleitos serão encaminhados para o Conselho Estadual do Idoso para a apreciação, assim como para os poderes Executivo e Legislativo. “A participação foi intensa. Tivemos uma grande adesão e além disso, uma participação efetiva que gerou bastante discussões e demonstrou que o público está ciente dos serviços realizados e também das necessidades dentro do município. Acreditamos que a Conferência atingiu plenamente seus objetivos. Agradecemos a todos os participantes pelo apoio e a participação”, disse a assistente social, integrante da Comissão Organizadora, Patrícia Maria Teodoro Ribeiro.

A diretora de Ação Social, Eva Vilma da Silva Rodrigues, destacou a importância do evento. “Aqui os usuários dos serviços puderam discutir sobre os serviços oferecidos e dar sugestões e alternativas para a melhoria das políticas de atendimento ao idoso. Ficamos satisfeitos com o comparecimento e, especialmente com a participação, que demonstra que este público está ativo e contribui de maneira ímpar para a sociedade. Parabéns à Comissão Organizadora pelo trabalho realizado, obrigada ao prefeito Amarildo e a primeira dama Maria Aparecida pelo apoio; às autoridades que prestigiaram nosso agradecimento e, especialmente, à comunidade que compareceu e deu sua contribuição”, disse.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui