Painel 20 de abril de 2019

0
561

Acidente

A prefeitura publicou em seu site e página no Facebook um alerta comunicando que um funcionário do Departamento de Serviços Urbanos e Rurais (DSUR) se acidentou no dia 8, ao fazer a coleta do lixo. Dentro dos sacos de lixo havia cacos de vidro que feriram o trabalhador, que, ao todo, levou 10 pontos no braço e mão. Por conta do acidente, a prefeitura pediu a colaboração para que se atentem aos objetos cortantes depositados nos sacos de lixo, lembrando que eles podem ser depositados em caixas vazias de leite ou garrafas pet, por exemplo, antes de serem colocados no lixo. Cabe também à prefeitura fornecer todos os equipamentos de proteção individual aos servidores e fiscalizar se eles estão usando estes equipamentos.

Segurança

O vereador Laércio Anacleto (PPS) comentou na sessão de Câmara, que em reunião do Conseg na última semana, foi debatido um aumento de segurança, especialmente nas rondas escolares. Laércio lembrou que o pelotão da PM em Vargem está com a equipe defasada e pediu apoio à prefeitura para que forneça equipamentos à GCM, para que os guardas possam dar suporte à polícia nesse trabalho.

Galeria cheia

A galeria destinada ao público na sessão de Câmara do dia 15 estava cheia. Muitos professores da rede municipal foram acompanhar a sessão na expectativa de que um projeto da categoria fosse ser votado na reunião. No entanto, isso não ocorreu. Mas uma das professoras, Lucila Ruiz, fez uso da Tribuna para expor seu ponto de vista pessoal com relação à carga suplementar e também se posicionar sobre comentários que têm sido alvo. Os vereadores Paulinho da Prefeitura (PSB) e Wilsinho Fermoselli (DEM) se retiraram antes da fala da professora, alegando que já tinham justificado seu posicionamento aos membros da Câmara anteriormente.

Financiamento

O Governo de São Paulo, por meio da Agência de Desenvolvimento Paulista (Desenvolve SP), irá financiar a compra de caminhões coletor e compactador de resíduos sólidos urbanos para as administrações municipais. Esse tipo veículo passa a integrar a lista de itens financiáveis da Linha Economia Verde Municípios, já disponibilizada pela agência, e que oferece taxas de juros a partir de 0,25% ao mês (+ Selic) e prazo de até 72 meses para pagar, com carência de 12 meses.

Para acessar

Os municípios interessados devem solicitar o financiamento por meio de uma Carta Consulta. “Vale destacar que a aprovação do crédito só acontece após a comprovação da boa saúde financeira e da capacidade de endividamento da prefeitura”, disse Rafael Bergamashi, superintendente de negócios da Desenvolve SP.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui