Visual e conectividade marcam Kwid Outsider

0
208

Luís Perez/Carpress

Apresentado em junho de 2017 no Salão de Buenos Aires (Argentina) e lançado comercialmente em agosto do mesmo ano, o Renault Kwid, até desnecessariamente batizado de “SUV dos compactos”, logo virou o queridinho.

Era tamanha a ilusão de óptica que houve quem quisesse trocar modelos de porte mais avantajado, como o Ford EcoSport, pelo Kwid. Mas se ele já era o “SUV dos compactos”, o que não dizer da versão aventureira, agora lançada? É o “SUV do SUV dos compactos”?

Pois bem, ele apresenta em termos de conteúdo tudo o que a versão top Intense traz, mas um visual diferenciado. Vamos àquilo que o diferencia dos demais exemplares do Kwid: barras de teto, skis frontal e traseiro, moldura do farol de neblina, proteção lateral, retrovisores elétricos, calotas na cor preta, detalhes em laranja no volante, câmbio, portas e bancos.

Há ainda Media Evolution com Android Auto, Apple Carplay e câmera de ré, abertura elétrica do porta-malas, rodas Flexwheel e chave dobrável. A brincadeira faz dele o mais caro dos Kwids, R$ 43.990. As outras versões são a Life (R$ 33.290), Zen (R$ 38.790) e Intense (R$ 41.890).

Portanto a dirigibilidade não muda. Carpress andou pelo monótono trânsito moroso de São Paulo e constatou que ele continua sem raspar com facilidade em valetas e lombadas. De resto, o carro é muito seguro – único com quatro airbags de série – tem um ótimo porta-malas –290 litros, mais do que modelos de porte até superior, que com banco rebatível chega até 1.100 litros.

Mas não muda altura livre do solo (21 centímetros), ângulo de entrada (24°) e de saída (40°), nem motor – 66 cv com gasolina a 70 cv com etanol. Dados da Renault dão conta de bom consumo: na cidade, a versão faz, segundo a fábrica, 14,1 km/l com gasolina e 9,6 km/l com etanol. Na estrada, 14,4 km/l com gasolina e 10 km/l com etanol.

A versão Outsider traz opções de cores Orange Ocre, branco Marfim, vermelho Fogo, branco Neige, prata Étoile e preto Nacré.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui