Varal Solidário é implantado na cidade para doação de roupas

0
1309
Peças podem ser retiradas diretamente do varal

O Projeto Chega de Silêncio, idealizado pela fotógrafa e estudante de jornalismo Duda Oliveira, está montando varais solidários pela cidade, onde as pessoas poderão pegar as roupas que precisam e também doar peças que não usam e estão em bom estado para outras pessoas.

A Gazeta de Vargem Grande conversou com a Duda para saber um pouco mais sobre esta iniciativa. Ela relatou que tem um brechó, o qual iniciou para tentar colocar um novo significado nas roupas que são consideradas descartáveis por muitos. Comentando ainda, que a produção de roupas polui muito, além de uma roupa nova ser cara.

Depois de um tempo, ela resolveu fazer uma venda de garagem e por mais que os preços estivessem baixos, sabia que tinha pessoas que ainda não poderiam comprar. E pensando nisso, lembrou de uma iniciativa em São José do Rio Pardo, que anos atrás fez o Varal Solidário em uma das principais ruas da cidade, em um inverno que o frio veio com tudo. “Eu tinha diversas roupas boas, novas até, e optei por doar metade das roupas que eu tinha. Porém, eu sabia que tinham pessoas necessitadas que não estavam cadastradas nos programas sociais da cidade e foi pensando nessas pessoas que eu iniciei o Varal”, disse.

Para testar a ideia, foi feito um varal na Cohab I. Duda comentou que teve medo que algumas pessoas estragassem as roupas, que ninguém as pegasse, porém o varal está lá e intacto, por isso irá fazer mais varais pelos bairros da cidade. Ela está começando instalando os varais pelos bairros periféricos, onde não há tanto comércio de lojas e brechós e depois, abrangerá o centro. O Varal pertence ao Projeto Chega de Silêncio, em parceria com o Realizando Sonhos. O Realizando Sonhos está ajudando na divulgação do Varal e redirecionando as doações para Duda.

Através do Chega de Silêncio irá ser divulgado o Varal e também informações sobre moradores em situação de rua, quais violência sofrem – principalmente mulheres, como as roupas podem influenciar na hora de conseguir um emprego. Também irão falar no projeto, a respeito das mortes dessa população agora no inverno, por causa da falta de roupas apropriadas para este período.

Quem quiser contribuir com doações para o Varal Solidário, basta procurarem pelos varais ou contatar a Duda através do número (19) 97131-8478. Cobertores, calçados, e principalmente roupas de frio serão muito bem-vindos ao varal. Duda finalizou comentando que seria interessante a doações de prendedores de roupas para que as peças não voem com o vento, e que a partir desta semana, já começará a abrir mais varais pelos bairros, iniciando pela Cohab I.

O primeiro varal está na praça ao lado da escola Achiles Rodrigues, mas ele é pequeno, então será aumentando e também colocada uma caixa de papelão para depósito de calçados e bolsas. E o segundo varal está na praça em frente a escola Benjamin Bastos, posteriormente pretendem colocar varais em praças no Jardim Dolores e na Vila Polar. Fotos: Duda Oliveira

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui