O caminho é mais longo do que parece

0
544

Nesta semana, a Gazeta de Vargem Grande lançou em seu canal no Youtube, o TV Gazetavg, uma reportagem sobre a questão da arborização em Vargem Grande do Sul. (Veja o vídeo no canal da TV Gazetavg). No vídeo, foi mostrado como a cidade está sem árvores, ruas inteiras sem um único arbusto em suas calçadas, muito concreto cinza e pouco verde. Mas o que surpreendeu foram comentários de alguns internautas, que apontaram as plantas como geradoras de sujeira.

A bem da verdade, a maioria dos comentários, tanto da publicação do vídeo no Facebook (pelo facebook/gazetavg) quanto no Youtube foram positivas, destacando a necessidade de se plantar mais mudas na cidade e celebrando a iniciativa de pessoas que por conta própria, decidiram colaborar com o verde em Vargem.

No último ranking do programa Município Verde Azul, uma iniciativa do governo do Estado para avaliar o desenvolvimento ambiental dos municípios paulistas, Vargem tirou nota zero em arborização. A prefeitura, de sua parte, está elaborando um programa municipal de plantio de árvores, que é uma das ações também previstas no Plano Diretor Participativo.

Além, disso, qualquer cidadão que desejar plantar uma árvore na sua calçada, a prefeitura disponibiliza os exemplares no Viveiro Municipal, que ainda orienta qual espécie é melhor para a área desejada. Deixar tudo a cargo do poder público é se isentar da responsabilidade que cada morador tem com o bem-estar da comunidade. Por isso, é muito importante cada um fazer sua parte.

O impacto de uma rua arborizada vai além da beleza. A influência positiva de áreas verdes no conforto humano em áreas urbanas tem sido apontada por vários estudos. Um deles foi desenvolvido na Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da USP e aponta que certa quantidade de árvores diminui o calor excessivo em determinada área urbana. Segundo a pesquisa, em Piracicaba, para diminuir 1°C na temperatura média urbana é necessário acrescentar 14,31% de cobertura arbórea na estação seca e 27,70% na estação chuvosa.

Pensar que em 2019, com tanta informação disponível, tanto apelo de ambientalistas contra o desmatamento e o aquecimento global que tem colocado o futuro de muitas espécies em risco, ainda tem gente que pensa numa árvore apenas como geradora de sujeiras é desanimador. No entanto, além da iniciativa da prefeitura em desenvolver um plano de arborização, temos em Vargem Grande do Sul muitos exemplos a serem seguidos, como o senhor Aldemir, do Restaurante Braseiro, que dedica boa parte de seu tempo em espalhar mudas e cuidar das árvores que plantou na área em frente ao seu estabelecimento.

Que estes exemplos se multipliquem e a cidade floresça.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui