Orçamento maior, mas não o suficiente

0
290

Saiu no Diário Oficial Eletrônico da Prefeitura de Vargem Grande do Sul que as receitas previstas para 2020 do município serão em torno de R$ 143.986.370, de acordo com a Lei de Diretrizes Orçamentárias aprovada pela Câmara. Essa lei serve de base para a confecção do orçamento municipal de 2020, que deve ser encaminhado ao Legislativo até o dia 30 de setembro.

O número é relativamente maior que o orçamento votado para 2019, que foi de R$ 127 milhões, sendo que R$ 103 milhões ficaram com a máquina municipal, R$ 12 milhões foram destinados ao Fupreben, R$ 2,16 milhões foram direcionados ao Legislativo e R$ 9,5 milhões para o Serviço Autônomo de Água e Esgoto.

Mantendo a porcentagem, a prefeitura teria à disposição cerca de R$ 115 milhões para a folha de pagamento, que consome cerca de 50% disso, investir o mínimo de 25% do orçamento em educação e 15% na Saúde. O resto, será destinado para todas as outras pastas, como Obras, Esportes, Meio Ambiente, Cultura, Assistência Social, etc. Assim, sobra-se muito pouco em recursos próprios para qualquer investimento.

Com um orçamento tão na ponta do lápis, a prefeitura precisa correr atrás de convênios, parcerias com o governo do Estado e a União para a conclusão de obras, pavimentação, etc. Em outubro do ano que vem, haverá eleições municipais, então que todos os candidatos fiquem bem cientes que os cofres públicos estão com dinheiro contado a espera de um administrador bastante responsável e criativo, que consiga enfrentar a crise econômica nacional e mais do que isso, tirar desses poucos recursos, soluções para que Vargem retome o crescimento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui