Rito de beatificação do padre Donizetti foi marcado para novembro

0
737

A autorização para o rito de beatificação do Padre Donizetti Tavares de Lima foi anunciada na sexta-feira, dia 19. O processo de declaração do padre como santo pela Igreja Católica está chegando ao final e a celebração para beatificá-lo será realizada em Tambaú (SP), em frente à Igreja São José, no dia 23 de novembro, às 9h.

De acordo com a Diocese de São João da Boa Vista (SP), quem representará o Santo Padre na ocasião será o Cardeal Giovanni Angelo Becciu, prefeito da Congregação da Causa dos Santos.

Segundo o apurado pela Gazeta de Vargem Grande, após a beatificação, que é a penúltima estância, ele passa a ser beato e é reconhecido no Brasil, seu país de origem. Caso for confirmado outro milagre após a beatificação, acontece a canonização, que atribui o estatuto de santo também em outros lugares, podendo tornar-se padroeiro de comunidades.

Em Vargem

Em 18 de abril completou 110 anos que o padre havia tomado posse como vigário na paróquia de Sant’Ana, em Vargem Grande do Sul, no ano de 1909. Ele permaneceu na cidade por 17 anos e marcou profundamente a evolução do município. Em 1926 ele foi para Tambaú.

Em Vargem, o padre provocou uma verdadeira revolução cultural, buscando oferecer acesso à música, cinema e até espetáculos de circo para toda a população. Defensor incansável dos mais pobres lutava para que todos tivessem oportunidades que antes eram exclusivas da elite da cidade.

Ainda na área cultural, Padre Donizetti vinha de uma família que sempre incentivava a música. A defesa dos direitos humanos, a luta pelos mais pobres, a dedicação pela universalização do acesso à cultura, aliado a uma personalidade carismática, fizeram do Padre Donizetti uma liderança muito forte à sua época. Muito antes dos milagres, o religioso já era seguido por muitos fiéis justamente por sua atuação.

As missas que Padre Donizetti celebrava atraíam um número muito grande de fiéis, que não cabia mais na pequena igreja matriz da época. Assim, eram celebradas missas campais, que eram acompanhadas também pelos fazendeiros da cidade, que buscavam saber o teor das palavras do padre.

A decisão da transferência veio do bispado e sua última missa na cidade foi acompanhada por muitos devotos. Muitas pessoas atribuem graças alcançadas à intercessão do Padre Donizetti e os relatos continuam chegando a Tambaú, onde estão centralizados os estudos sobre o religioso.

Os pais do Padre Donizetti, Francisca Cândida Tavares e Tristão Tavares de Lima, estão enterrados no Cemitério da Saudade. Além das obras pastorais deixadas em Vargem, Padre Donizetti deu início à construção da Igreja de Nossa Senhora Aparecida. Já em Tambaú, Padre Donizetti enviou à Paróquia de Sant’Ana uma imagem de Nossa Senhora Aparecida, que ainda hoje permanece no altar da Igreja Matriz. Fotos: Arquivo Gazeta

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui