Levantamento mostra perfil agropecuário de Vargem

0
640
A batata é uma das principais culturas da cidade

Vargem Grande do Sul nasceu e cresceu como uma cidade voltada para a agricultura. Neste domingo, 28 de julho, é celebrado o Dia do Agricultor, profissional que está diretamente ligado à história e ao desenvolvimento do município. Para destacar a importância da data, a Gazeta de Vargem Grande verificou junto à Casa da Agricultura, dados sobre o setor na cidade.

Segundo o apurado, as principais culturas plantadas em Vargem Grande do Sul são cana de açúcar, milho, feijão, soja e batata. De acordo com Ciro Manzoni, o engenheiro agrônomo da Agricultura e Abastecimento da Casa da Agricultura, da Coordenadoria de Desenvolvimento Rural Sustentável (CDRS), a Casa da Agricultura oferece diversos serviços de apoio para o produtor rural. “Continuamos com o trabalho de Cadastro Ambiental Rural, conservação de solo, manejos de piquetes para gado de leite, venda de sementes da Secretária da Agricultura, campanha de vacinação de aftosa e brucelose, emissão de guias de trânsito animais, orientações técnicas e de leis ambientais, plano de investimentos para aquisição de máquinas e implementos, conjunto de irrigações, vacas de corte e leite e plano de custeio agropecuário, além de laudos para créditos rurais diversos”, disse Ciro.

Pesquisa

Recentemente foi realizado o Levantamento das Propriedades Rurais (LUPA), quando foi verificado todas as culturas em áreas agrícolas do município, além do perfil agropecuário de Vargem Grande do Sul. Com o término do levantamento, amostras de solo foram enviadas para análises químicas.

Segundo as informações da Casa da Agricultura obtidas através do LUPA, há 591 Unidades Produtivas Agropecuária (UPAs) em Vargem, o equivalente a mais de 26.500 hectares no total, divididos em diversos usos, como cultura perene, como laranja e café, com quase 1.300 hectares; reflorestamento em pouco mais de 800 hectares; vegetação natural em quase 1.750 hectares; área complementar em cerca de 1.250 hectares; cultura temporária em uma área pouco maior que 12 mil hectares; pastagens com área maior que 9.100 hectares; área de descanso maior a 150 hectares e vegetação de brejo e várzea com área de quase 100 hectares.

Maiores

O total da área plantada de cana de açúcar na cidade, tanto para a finalidade de indústria como para outras, ultrapassa os 7.100 mil hectares, sendo plantada em 138 unidades produtivas. A plantação de milho no município, tanto a safra como para silagem, acontece em 156 propriedades e a área chega a ser maior que 3.500 hectares. A de batata ultrapassa mil hectares e é plantada em 43 UPAs. O feijão é plantado em 46, o que equivale a cerca de 1.500 hectares e a soja, em 14 UPAs, equivalente a quase 800 hectares.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui