Hélio Borges marcou presença em muitas Romarias

0
660
Troféus e lembranças de muitas romarias e procissões a cavalo que o romeiro guardava com muito carinho em sua casa

Pela primeira vez em muitos anos, a Romaria dos Cavaleiros de Sant’Ana não terá a presença do romeiro Hélio Sangiorato Borges, que faleceu aos 75 anos, no dia 5 de julho.

A Gazeta de Vargem Grande procura, através desta matéria, prestar uma homenagem não só ao senhor Hélio, como também a todos os cavaleiros ausentes.

Em entrevista com sua neta Isabella Navarro Borges, que contou com a ajuda de sua avó Leonil Mansano Borges, ambas relataram um pouco mais sobre a trajetória deste vargengrandense no desfile dos cavaleiros de Sant’Ana.

“Desde criança ele tinha paixão por montarias. Aos 26 anos conseguiu comprar um cavalo, e começou a andar, sendo então convidado por conhecidos a participar da primeira romaria em São Roque da Fartura”, relembrou Leonil.

Elas contaram à Gazeta qual Romaria ficou marcada no coração de Hélio. “A mais importante foi a primeira que ele participou aqui em Vargem, quando levou a bandeira de Nossa Senhora Aparecida, a qual ele era muito devoto”, disseram.

Todos os anos, o sr. Hélio marcava presença no evento. “Na Romaria ele participava levando bandeiras, prestando homenagem a Nossa Senhora e ganhou vários troféus de destaque. Ele tem uma sala com todos eles”, contou Isabella.

“Meu avô começou a andar a cavalo com 26 anos e faleceu aos 75, então tem muitas histórias. Além disso, ele fez durante muitos anos a abertura do rodeio daqui da cidade, também levando bandeiras”, completou a neta.

Os preparativos eram tantos, que Hélio contagiava as pessoas a sua volta. “Ele desfilava com seu grande amigo José Luís e sua mulher Conceição, que há anos trabalhava com ele. Também influenciou seu neto Guilherme e seu filho Hélio, que participavam da Romaria devido ao entusiasmo de meu avô. Sua religiosidade era grande e todos os anos ele viajava oito dias a cavalo para a cidade de Aparecida do Norte”, lembrou Isabella.

A 45ª edição da Romaria é nesse domingo, dia 28, e os familiares e amigos realizarão uma homenagem a Hélio, para que ele permaneça no coração de todos àqueles que prestigiarem e participarem do desfile.  “Será muito difícil passar a data sem ele. Esse ano os amigos  e familiares irão desfilar puxando sua mula com uma capa em sinal de luto e homenagem, deixando viva a memória do meu avô”, contou Isabella. Fotos: Arquivo Pessoal

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui