Vargengrandense lança dois livros sobre a cidade

1
568
Antiga Rua do Comércio

José Osvaldo Leal, aposentado, pesquisador e historiador por hobby lançará ainda neste mês de agosto dois livros sobre Vargem Grande do Sul. “A Pérola da Mantiqueira”, a história de uma cidade” traz a trajetória dos 145 anos de Vargem Grande do Sul que serão completados no próximo dia 26 de setembro. Segundo o autor, a obra será repleta de história levantada graças aos arquivos da Assembleia Legislativa, muitas imagens comparativas das décadas de 1920/1930 com imagens atuais em mesmo ângulo de visão, fatos publicados nos jornais Imprensa e Correio Paulistano, algumas fotos inéditas e muito mais.

Já o segundo livro, “Clã Garcia Leal”, apresenta a ascendência e descendência de José Garcia Leal e Christiano Garcia Leal, dois dos fundadores de Vargem Grande do Sul. De acordo com José Osvaldo, a obra traz uma pesquisa ampla desde Portugal, Arquipélago de Açores, Ilha do Faial até os dias de hoje com registros de batismos, casamentos e óbitos, histórias como a de Januário 7 orelhas e muito mais.

Os livros serão publicados no site Agbook, estarão disponíveis na versão impressa e ebook, comercializados pelo próprio site. “Mas com apoio do comércio local, alguns exemplares serão distribuídos gratuitamente para os meios de comunicação com a finalidade de sorteio para a população, Casa da Cultura, Biblioteca Victor Lima Barreto, família, patrocinadores e também em algum lugar a ser definido para venda física com o mesmo valor do site”, explicou. Seria um local com pequeno estoque e de reposição diária conforme a venda. Os detalhes do lançamento e comercialização dos livros serão publicados pela Gazeta.

As capas estão sendo produzidas pela Pipers Designer. O livro sobre a história da cidade terá mais de 250 páginas e o do clã 280, ambos em preto e branco, papel couché, no formato A5.

José Osvaldo, conta que a maior dificuldade que enfrentou ao elaborar as obras foi encontrar fotos antigas e em boa qualidade. Já nas pesquisas da família a dificuldade encontrada foi  junto à Diocese de São João da Boa Vista, que segundo informou, não libera pesquisa nos livros que estão em posse da Cúria. “Todos os livros que contém informações de batismo, casamento ou óbito anterior a 1900, foram recolhidos para a Cúria e só podem ser consultados por uma funcionária deles e ainda é cobrado uma taxa de R$ 50,00 por pesquisa, mais as informações de nome e período. Mas neste caso de pesquisa, é necessário folhear os livros com paciência e persistência.  Difícil de entender, já que muitas dioceses disponibilizaram os livros escaneados em site”, observou.

À Gazeta, ele relatou que iniciou o trabalho de pesquisa nos anos 1980, quando começou o levantamento sobre os antepassados e paralelamente ia guardando notícias e imagens da cidade. “Mas não com o intuito de editar um livro, essa ideia mesmo surgiu já em 2002. Mas com o trabalho e as dificuldades, o projeto caminhava a passos lentos. Com a chegada da aposentadoria em 2016 e por conta dessas pesquisas chegar a uma pessoa do clã, surgindo daí, uma amizade e parceria nas pesquisas  com o parente Jackson Rosa Bertagnoli de Cotia (SP), os trabalhos aceleraram muito e hoje os considero pronto para a publicação do livro do Clã. O livro sobre a Cidade foi acompanhando, porque a intenção sempre foi de lançar os dois livros juntos”, explicou.

José Osvaldo já teve um livro publicado em Janeiro de 2005, “10 anos da Paróquia Nossa Senhora Rosa Mística”. Em 2007 editou 12 modelos de cartão postal, sendo sete de Vargem Grande do Sul, dois de Santa Cruz das Palmeiras, um de Casa Branca, um de São Sebastião da Grama e um de São Bento Abade (MG). Em 2009, teve seu trabalho de pesquisa publicado no Livro Desbravadores dos Sertões, de Elio Barbosa Garcia, com o título “Os Garcia Leal de Vargem Grande” e esse mesmo trabalho também foi publicado pela Gazeta, em uma Edição Especial do Aniversário da Cidade em 2009. Em 2012, mais dois modelos de cartão postal de Vargem Grande do Sul foram lançados.

José Osvaldo relatou que sua intenção é continuar. “Vem mais dois projetos de livros por ai, um para setembro de 2020 com trabalhos já iniciados e outro ainda sem data prevista. Mas vamos deixar os detalhes para outra oportunidade”, adiantou.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui