UPA será transformada em Centro de Especialidades Médicas

0
116
Expectativa da Prefeitura é concluir readequação da UPA ainda em 2019

Foi publicado no Diário Oficial do Estado na semana passada, a mudança de finalidade da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Porte I de Vargem Grande do Sul para Policlínica e Centro de Regulação de Serviços de Saúde. A alteração acontece após reuniões entre prefeitura, Conselho Municipal de Saúde e comunidade para definir o que seria feito com o imóvel construído na gestão de Celso Itaroti (PTB), mas que devido a uma série de problemas nunca funcionou como UPA e que por conta de apontamentos da Vigilância Sanitária, foi fechada logo no início da administração de Amarildo Duzi Moraes (PSDB).

Inaugurada no dia 28 de dezembro de 2016, últimos dias da gestão de Itaroti, a UPA Itamar Dela Nina Cerva, que leva o nome do pai do ex-prefeito, era para ser uma UPA de porte I, ou seja, ter uma área física de 700 m², com sete leitos, no mínimo dois médicos por plantão, para atender até 150 pacientes por dia. Para a obra e compra dos equipamentos a verba disponibilizada foi no valor de R$ 2.200.000,00.

Porém, em Vargem a construção do prédio foi fora dos padrões pré-estabelecidos pelo Ministério da Saúde, conforme disse Amarildo em uma das reuniões realizadas, pois a área construída é de 1.259 m² que é quase o tamanho de uma unidade de porte III, que é de 1.300 m² para atender até 450 pacientes por dia. Assim, o município não receberia mais verba para terminar a obra, equipar e colocar a UPA em funcionamento. Para tanto, seria necessário investir recursos próprios do município.

A possibilidade de readequação deste imóvel veio por meio de uma portaria do governo federal de novembro de 2018, que permite que estados, municípios e Distrito Federal utilizem estruturas de saúde concluídas, como a UPA, para outra finalidade de assistência dentro da área da saúde, sem precisar devolver recursos federais.

Mudança

Conforme definição dos representantes da sociedade vargengrandense, membros da prefeitura, Departamento de Saúde e Conselho Municipal de Saúde, em audiência realizada no dia 27 de maio, na Casa da Cultura, optou-se por instalar no prédio da UPA, um centro de especialidades médicas, regulação, transporte e outras unidades de apoio a saúde.

Segundo a prefeitura, no local será feito atendimento de todas as especialidades médicas oferecidas pela rede municipal. No local também será instalado o setor de regularização, ou seja, agendamento de consultas, exames e demais procedimentos.

O prédio da UPA, que fica na Via Expressa Antônio Bolonha, perto do terminal rodoviário, ainda receberá o setor de transporte da Saúde, onde os pacientes realizam todos os agendamentos de viagem, entre outros.

A prefeitura explicou ainda que está adequando os móveis e equipamentos necessários para a montagem desses serviços, devendo investir cerca de R$ 150 mil reais. Além disso, será construído um muro e feito o gradeamento no entorno da unidade com custo em torno de R$ 300 mil reais.

O objetivo do Executivo é que a unidade esteja em condições de funcionamento até o final deste ano. O Posto de Pronto Atendimento (PPA) Alfeu do Patrocínio Rodrigues continuará como centro de atendimento de urgências na cidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui