Ambientalistas fazem ato pelo bem-estar dos animais

0
100
Defensores do meio ambiente de Vargem participaram de ato

Alguns membros de ONGs e também representantes do Conselho Municipal do Meio Ambiente (CMMA) realizaram uma mobilização pelo bem-estar dos animais abrigados no Zoo. A Polícia Ambiental foi acionada.

A Gazeta conversou com Melissa Ranzani, presidente do CMMA, que explicou o que informou que o conselho protocolou no Departamento de Agricultura e Meio Ambiente, no começo de julho, um pedido para que a prefeitura mudasse de lugar o palco do evento realizado na Barragem Eduíno Sbardellini, para amenizar os impactos provocados pelo som nos animais do zool. Porém, segundo ela explicou, a prefeitura se negou a acatar a recomendação do CMMA, que só percebeu essa posição durante a última semana, quando as estruturas do palco começaram a ser montadas na Barragem.

Segundo Melissa, preocupados com a saúde e integridade dos animais, o Conselho procurou a Polícia Militar Ambiental para assegurar que o volume do som do show não lhes provocasse prejuízos.

Membros do Conselho e de ONGs ambientalistas da região se reuniram com os policiais ambientais e o prefeito Amarildo durante o show para medição do ruído (decibéis) e apuração do comportamento dos animais, de acordo com o laudo da bióloga Aline Gonçalves e o veterinário Sérgio laan Rocha, ambos da Associação Amigos dos Animais Silvestres de São João da Boa Vista.

Segundo a presidente do CMMA, como a prefeitura fechou o zoo para visitação, pois o aumento de visitantes também provoca estresse nos animais, e manteve o som baixo se comparado com eventos anteriores, os animais não demonstraram sinais de incômodo, e o ruído estava dentro dos limites previstos na legislação.

“Embora o conforto dos animais tenha sido considerado, o conselho pretende buscar meios para que a comunicação entre a prefeitura e seus membros ocorra de forma mais cordial e eficaz, buscando sempre o bem social comum e harmonia entre as espécies”, afirmou.

A prefeitura informou que tomou as providências necessárias para o bem estar dos animais, sendo que a inspeção apenas comprovou o que já era sabido. Ressaltou ainda que está à disposição dos ambientalista para em conjunto criar  ações de proteção à fauna e desenvolvimento a flora na cidade.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui