Três cabeças de gado eram transportadas na carroceria de uma Fiat Strada

0
201
Garrotes foram sedados e escondidos na caçamba da caminhonete

Durante a operação Rodovia Mais Segura, na última segunda-feira, dia 29, em São Sebastião da Grama a equipe da Polícia Militar formada por Bruno e Marcelo, se deparou com uma Fiat Strada de cor branca e placas de Tambaú, trafegando pela rodovia SP-344 a qual aparentava carregar algo em sua carroceria.

Os PMs então resolveram abordar o veículo e o seu condutor não obedeceu aos sinais de parada, fugindo em alta velocidade em sentido a Vargem Grande do Sul, onde as equipes de policiais a serviço realizaram o cerco, porém o automóvel conseguiu prosseguir pela SP-215 em direção a São Roque da Fartura.

Devido ao fato da caminhonete estar muito pesada, o motorista abandonou o veículo e fugiu a pé pela mata. Os policiais o procuraram, mas não o localizaram. Ao verificar o que havia na carroceria da Fiat Strada, os PMs constataram que se tratava de três garrotes amarrados e sedados. No interior do carro ainda foram encontrados, sedativos, seringas, alicates, cordas, lanterna e uma touca ninja balaclava.

Os policiais verificaram a placa do veículo via COPOM, constatando que ele realmente era da cidade de Tambaú e que não havia queixa de furto. O automóvel e os objetos foram apresentados ao plantão policial, onde o plantonista após tomar ciência dos fatos, conseguiu entrar em contato com o dono da Fiat Strada que reside em Santa Cruz das Palmeiras, o qual informou que a havia deixado em uma funilaria em Tambaú a cerca de dois meses para um reparo.

Diante dos fatos, foram apreendidos os objetos e o veículo. Apoiaram a ocorrência as equipes compostas por Cb Thomas e Sd Amauri, Cb Estevam e Cb Leite, acompanhando e coordenando o cerco policial o coordenador operacional Cap. Medeiros.

Dono

No final da tarde de terça-feira, dia 30, um lavrador de 72 anos da cidade mineira de Muzambinho, compareceu à delegacia de Vargem e informou que durante a manhã seu filho viu no WhatsApp que em alguns grupos haviam divulgado fotografias de três garrotes apreendidos e que estavam à procura do proprietário.

Ao ver as fotografias, o senhor e seu filho reconheceram os garrotes como sendo os seus e ao checarem o pasto, constataram que realmente faltavam três cabeças de gado. Eles então procuraram a delegacia de Muzambinho e registraram um boletim de ocorrência, sendo orientados a comparecer na delegacia de Vargem, onde após fazer o reconhecimento dos animais, eles lhes foram entregues.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui