Morador faz reclamação de atendimento no PPA

0
404

O vargengrandense Mateus Bento enviou um relato à Gazeta de Vargem Grande, contando que sua avó Janete Maria Vicente Zocolan, de 70 anos, estava com cirrose e com a úlcera machucada e precisou procurar o Posto de Pronto Atendimento (PPA) Alfeu Rodrigues do Patrocínio com dores fortes na madrugada de domingo, dia 28, para segunda-feira, dia 29. Segundo ele, a paciente foi atendida com soro e mandada para casa. Mateus também fez uma postagem em seu perfil da rede social Facebook contanto o caso.

De acordo com o rapaz, ela retornou mais duas vezes durante a segunda-feira, dia 29, e recebeu o mesmo atendimento, sendo encaminhada para sua casa. Após muita insistência da família, ela conseguiu ser internada e constatou que já estava com a úlcera estourada há cerca de 20 horas, desde a primeira vez que procurou o atendimento, conforme o depoimento de Mateus.

Segundo o rapaz, ela passou por cirurgia e ficou internada na UTI em situação delicada. Ele cobra providências por parte da prefeitura e critica a falta de atenção com o caso.

Prefeitura

De acordo com a prefeitura, a paciente ao dar entrada no PPA foi atendida de imediato pela médica plantonista e após consulta foi medicada pela equipe de enfermagem. Ao apresentar melhora, foi liberada para sua residência.

“Após algumas horas, retornou à unidade se queixando de dores abdominais, sendo avaliada novamente pelo médico, medicada e após, liberada. Por fim, retornou a noite com a mesma queixa, sendo reavaliada e medicada novamente, permanecendo em observação. Não apresentando melhora do quadro clínico foi encaminhada ao hospital”, informou o Departamento de Saúde.

A Gazeta também questionou que medidas a prefeitura irá tomar a respeito do caso e não obteve resposta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui