Série de vazamentos prejudicaram abastecimento no Morumbi

0
533

Há cerca de três semanas, moradores do Jardim Morumbi têm se queixado de falta de água em suas residências. Muitos contaram à Gazeta que já procuraram a prefeitura, que inclusive enviou equipes ao bairro. A alegação é que a falta de água se deve a vazamentos da rede. No entanto, o problema persistia e a reportagem entrou em contato com a prefeitura para saber o motivo do problema e quando o abastecimento seria normalizado.

Segundo o informado pelo Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAE), as primeiras reclamações de falta de água nas Ruas Santana, Emílio Botejara, Avenida Zampar e Avenida Regato, começaram a ocorrer no dia 29 de julho. A equipe de encanadores do SAE realizou no dia 30 três consertos de vazamentos na Avenida Zampar.

Nos dias 31 de julho e 2 de agosto ocorreu a manutenção nos filtros da Estação de Tratamento de Água (ETA). Assim, o abastecimento de água foi interrompido em toda cidade para realização dos serviços. Desta forma, SAE informou que não foi possível constatar se o problema tinha sido solucionado. Somente após a normalização do abastecimento que as reclamações voltaram a ocorrer.

No período de 4 a 7 de agosto, os encanadores do SAE devido à dificuldade de localizar os vazamentos, realizaram monitoramento das redes do bairro no período noturno. Assim, foram identificados e reparados mais dois vazamentos ocultos na Avenida Zampar e Avenida Regato. Estes vazamentos estavam caindo na tubulação de água de chuva, assim não aparecia na superfície, o que dificultava sua localização.

Mesmo com todos estes reparos, a reclamação persistia, sendo feita no 12 de agosto uma injeção na rede de abastecimento do Jardim Morumbi, com intuito de solucionar o problema de falta da água. Assim, a prefeitura informou que o problema este resolvido de forma definitiva a partir de 13 de agosto, após reparo de vazamento localizado na Rua Santana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui