Desembargador vargengrandense é reeleito para Órgão especial do TJ

0
1547
Vito José Guglielmi, Antonio Celso Aguilar Cortez, Alex Tadeu Monteiro Zilenovski, James Alberto Siano e Cláudio Antonio Soares Levada. Foto: Arquivo Pessoal

O desembargador Antonio Celso Aguilar Cortez, de tradicional família vargengrandense, foi reeleito na quinta-feira, dia 22, para integrar o Órgão Especial do Tribunal de Justiça de São Paulo, na classe Carreira, para o biênio compreendido entre 26 de agosto de 2019 e 25 de agosto de 2021.

O Órgão Especial é composto por 25 desembargadores: o presidente da Corte, 12 mais antigos e 12 eleitos, sendo um colegiado que tem atribuição administrativa e competência para processar e julgar autoridades, como governador, vice-governador, deputados estaduais, secretários de Estado, juízes estaduais e membros do Ministério Público, além de julgar processos contra atos do governador e da Assembleia Legislativa, bem como incidentes de inconstitucionalidade e outras matérias atribuídas ao Tribunal de Justiça pelas Constituições Federal, do Estado de São Paulo e legislação.

Antonio Celso Aguilar Cortez nasceu em 1950. É bacharel em Direito pela Universidade de São Paulo, turma de 1973. Ingressou na Magistratura em 1982, como juiz substituto da 34ª Circunscrição Judiciária, com sede em Piracicaba. Nos anos seguintes, atuou nas comarcas de General Salgado, Mogi Guaçu, São Bernardo do Campo e na Capital. Foi promovido a juiz do 2º Tribunal de Alçada Civil em 2003. No ano de 2005 assumiu o cargo de desembargador do TJSP.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui