Painel 24 de agosto de 2019

0
588

Saúde

A prefeitura licitou a contratação de uma nova empresa para oferecer atendimento médico pelo Sistema Único de Saúde (SUS) nas Unidades Básicas de Saúde e também no Posto de Pronto Atendimento (PPA). A vencedora foi a Sanklech Serviços Médicos Ltda e o valor contratado por 12 meses foi de R$ 3,7 milhões.

Clínica veterinária

Na semana passada, a prefeitura abriu licitação para a construção de uma clínica veterinária na cidade. A Gazeta perguntou para o Executivo onde esta clínica será construída, quando a obra deve começar, qual previsão de conclusão e como será o atendimento, se a clínica será aberta para consultas ou apenas destinada a casos de urgência, etc.

Projeto

Ao acessar o edital sobre a licitação, a Gazeta verificou que o orçamento previsto pela planilha orçamentária é de cerca de R$ 296 mil. A clínica será construída em área na rua João Batista de Andrade Melo, na Vila Santa Terezinha. O edital prevê sua conclusão em 6 meses após a assinatura do contrato. As pessoas também podem acessar o projeto da construção. Nele está previsto a construção de uma clínica com 158 metros quadrados que vai contar com sala cirúrgica, consultório, sala de recuperação, recepção, etc.

Venda de terrenos

Poucas pessoas compareceram na primeira audiência pública realizada pela Câmara na quarta-feira, dia 21, na ACI, para debater o projeto de lei que autoriza a prefeitura a vender os terrenos do antigo mercadão e da antiga rodoviária e empregar os recursos obtidos com a venda na compra de uma área para um novo distrito industrial. Uma segunda audiência está marcada para o dia 27, terça-feira, na Câmara.

E para as casas populares?

O vereador Alex Mineli (PR) questionou o Executivo, via requerimento aprovado na sessão do dia 20, como anda a venda dos terrenos da prefeitura para a compra de área que será destinada à construção de casas populares. Essa venda foi autorizada em julho do ano passado. No final de junho a Gazeta fez o mesmo questionamento à prefeitura e recebeu como resposta que até aquele momento, nenhum imóvel tinha sido vendido, pois a grande parte deles está em processo de retificação de área junto ao Cartório de Registro de Imóveis. Um deles está em Área de Preservação Permanente (APP) e, portanto, não poderá ser vendido. Após esse processo, seria publicado o edital para a venda desses imóveis.

Plano da Assistência

Mais um debate popular está previsto para o dia 30 de agosto, próxima sexta-feira, no Departamento de Ação Social, o antigo Clube das Mães, a partir das 8h, na rua Primeiro de Maio, 359. Nesta audiência pública, será discutido o Plano Municipal de Ação Social.

Segurança

A Câmara Municipal realiza ainda uma audiência pública na próxima quinta-feira, dia 29, para debater segurança e meio ambiente. A reunião será na sede do legislativo, a partir das 15h30, e foi marcada a pedido do presidente da Comissão de Segurança e Meio Ambiente, o vereador Laércio Anacleto (PPS).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui