Evitando o desperdício

0
206

Mais uma vez Vargem Grande do Sul enfrenta um período de estiagem e alta temperatura. A combinação destes dois fatores leva ao aumento do consumo de água na cidade que, por sua vez, acarreta a diminuição do volume da Estação de Tratamento de Água (ETA). A situação já tem deixado em alerta a prefeitura, que emitiu um comunicado à população para evitar o desperdício, uma vez que alguns bairros já correm risco de desabastecimento.

Este é mais um momento em que a população é chamada a contribuir com a municipalidade. Evitar o desperdício e incentivar o uso racional da água é cada vez uma necessidade maior para todos. Manter torneiras fechadas, economizar o máximo e usar o estritamente necessário são atitudes que contribuem para a economia.

De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), cerca de 110 litros de água por dia atendem as necessidades de consumo e higiene de cada pessoa. Porém, no Brasil, o consumo individual pode chegar a mais de 200 litros ao dia.

A prefeitura também precisa adotar medidas mais eficazes para evitar o desperdício de água tratada que não chega aos consumidores por conta da perda na rede de distribuição. Segundo um estudo elaborado pela prefeitura em 2018, a rede é muito antiga, principalmente em bairros da área central. Feitas em ferro fundido, ela possui de 40 a 50 anos de existência. Em alguns pontos do Centro, parte dela ainda é composta por canos de amianto, material proibido desde 2008.

De acordo com o mesmo estudo, o desperdício entre o que é tratado e o que chega nas casas é de 51%. Ou seja, a cada 100 litros de água tratada, apenas 49 chegam aos consumidores por conta dos vazamentos. São captados 200 litros a cada segundo na Barragem Eduíno Sbardenili.

Evitar o desperdício é uma necessidade urgente tanto para a população, quanto para a municipalidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui