Em setembro de 1932, Vargem era retomada pelos constitucionalistas

0
774
Foto tirada durante a Revolução de 1932, em Guaratinguetá

Um dos episódios mais emblemáticos da história de Vargem Grande do Sul foi a sua participação em momentos-chave na Revolução Constitucionalista de 1932. Devido à proximidade com a fronteira com Minas Gerias, Vargem foi usada de sede pelo exército paulista em sua ofensiva contra as forças federais. No entanto, a cidade chegou a ser invadida e tomada pelos mineiros, sendo libertada no dia 9 de setembro de 1932.

Na edição de 6 de julho deste ano, a Gazeta de Vargem Grande trouxe uma reportagem sobre a participação dos combatentes da cidade e região no conflito. A manchete “Há 87 anos, Vargem era tomada pelos mineiros” lembrava deste fato e como a revolução influenciou no dia a dia da cidade.

Surgimento de Vargem Grande do sul

Vargem Grande do Sul foi oficialmente fundada no dia 26 de setembro de 1874. No ano anterior, foi iniciada a divisão da fazenda Várzea Grande, pertencente à família Garcia Leal e coube ao coronel Francisco Mariano Parreira ir ao fórum de Casa Branca efetuar as doações de terrenos destinados à fundação do povoado de Vargem Grande, conforme conta no livro “História dos Presidentes da Câmara de Vargem Grande do Sul”, editado na presidência de Luís Antônio Cavalheiro, o Totonho, com pesquisa feita por Zezé Miranda e Dôra Avanzi.

A última divisão da fazenda resultou em 65 propriedades e, entre os herdeiros, três doaram terrenos para a formação do povoado: Antônio Rodrigues do Prado, José Moreira e dona Maria Antônia Eufrazina Alves da Cunha, que são considerados fundadores de Vargem Grande junto com o coronel Francisco Mariano Parreira e os irmãos José e Salvador Garcia Leal.

O processo de divisão e doação de terras foi concluído em 26 de setembro de 1874, data marcada com a celebração de uma missa às margens do Córrego Sant’Ana, na residência de João Carneiro, conhecido como João Boiadeiro, celebrada pelo padre José Valeriano, de São João da Boa Vista, que teve seu nome dado à rua onde foi rezada a primeira missa de Vargem Grande.

Em 1922, Vargem Grande do Sul conquistou a sua emancipação política. Até então, era administrada pela cidade de São João da Boa Vista. O dia da emancipação, 24 de fevereiro daquele ano, foi festejado com alvorada de fogos e missa solene, celebrada pelo padre Donizetti Tavares de Lima. Também foi empossada a primeira Câmara Municipal e eleito o prefeito que administrou o município durante o ano de 1922, Capitão Belarmino Rodrigues Peres.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui