Fotos de Luís Leite

0
1038
Vargem agradece por mais um dia, sempre, sob o signo da Cruz acesa por seus divinos crepúsculos

Outro concorrente que conseguiu emplacar mais fotos entre os jurados foi Luiz Henrique Leite, de 49 anos, que trabalha como chapa na roça, carregando sacas de cebola e batata. Sua fotografia “As luzes de Vargem recebem as bênçãos da luz do mundo”, ficou entre as que obtiveram o segundo lugar. Quatro fotos ao todo ficaram nesta posição.

A imagem “Vargem agradece por mais um dia, sempre, sob o signo da cruz acesa por seus divinos crepúsculos”, dividiu a terceira posição entre as mais votadas pelos jurados.  E a fotografia “Na paisagem construída pelo homem vargengrandense, grandioso é o espaço reservado à fé em Deus”, estava entre as que ficaram com a quarta posição.

Ele comentou que fotografa desde os cinco anos de idade. Para Luís, a iniciativa da Gazeta foi muito interessante. “Uma forma de incentivo à fotografia e a cultura, uma oportunidade de todo amante da fotografia mostrar sua arte e consequentemente os melhores ângulos da cidade”, disse. “Particularmente fotografar Vargem pra mim é especial, por ser a cidade onde moro há 30 anos. Ao fotografar igrejas e monumentos estamos fotografando a história da cidade”, afirmou. “Se observamos a arquitetura de Vargem, veremos coisas lindas, e tendo a oportunidade de fotografar é um meio importantíssimo de divulgarmos essas maravilhas”, ressaltou.

“Existem muitos caminhos para o topo da montanha, mas apenas uma visão”, de Luís Henrique Leite
Vargem agradece por mais um dia, sempre, sob o signo da Cruz acesa por seus divinos crepúsculos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui