Painel 21 de setembro de 2019

0
512

Financiamento

O prefeito Amarildo Duzi Moraes (PSDB) enviou à Câmara um projeto de lei para os vereadores autorizarem o Executivo a contratar junto ao Banco do Brasil um financiamento no valor de R$ 5 milhões dentro do “Programa Eficiência Municipal” com o objetivo de realizar investimentos em Saúde, Segurança Pública, Serviços Urbanos e Rurais, e no SAE.

Condições

O prazo total para pagamento é de 96 meses, com taxa de juros de 5,9% ao ano. De acordo com o prefeito Amarildo, em sua justificativa, o pedido de crédito foi aprovado pelo Banco do Brasil o que segundo ele, mostra que está dentro da capacidade de endividamento do município.

Pacotão

De acordo com o projeto de lei, o objetivo é investir em iluminação pública, compra de equipamentos, máquinas e veículos novos. Entre os bens listados estão a compra de 2 mil luminárias de LED, uma pick-up para a manutenção da iluminação pública, duas pick-up para a GCM, cinco pick-ups para o SAE, quatro ambulâncias sendo uma delas padrão Samu, um gerador para o PPA e um caminhão com hidrojato para limpeza de galerias e rede de esgoto.

Moções

O vereador Wilsinho Fermoselli (DEM) homenageou com uma moção de louvor a direção, médicos, farmacêuticos, enfermeiros e motoristas que atuam e já atuaram no PPA pelos 26 anos de trabalho. Ele também parabenizou Maércio Cardoso pela homenagem recebida durante o Programa Mais Caminhos.

Visita

O governador em exercício Cauê Macris (PSDB) esteve em Aguaí no dia 17, onde confirmou autorização de R$ 1,6 milhão em investimentos para a cidade. Do total, serão R$ 600 mil para instalação de uma Central de Material e Esterilização, R$ 500 mil para a reforma de uma UBS e os outros R$ 500 mil vão custear a reforma de um centro poliesportivo.

Erundina

No dia 19, a deputada federal Luiza Erundina, recebeu mais uma vez o Prêmio Congresso em Foco, se tornando a única parlamentar premiada em todas as edições do evento, considerado um dos mais importantes do país. Ela ficou entre os 10 melhores deputados na votação popular e aos 84 anos, fez um contundente discurso.

Discurso

“Lamentavelmente vivemos tempos obscuros em nosso país, onde se convive com as mais odiosas formas de censura e afronta à liberdade de expressão, à livre manifestação do pensamento, das artes, da cultura e que, sem dúvida nenhuma, atenta contra a democracia e o Estado Democrático de Direito. É intolerável, sobretudo, aos que resistiram ao longo período da ditadura militar, marcado por arbitrariedades e graves violações aos direitos e à dignidade humana, conviver e assistir à escalada autoritária promovida por esse governo obscurantista”, disse Erundina sob aplausos de seus colegas e fortes vaias dos bolsonaristas presentes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui