Em parceria com Conderg, prefeitura realizará cirurgias oftalmológicas

0
525
Sede do Conderg, em Divinolândia

Em parceria com Conderg, prefeitura realizará cirurgias oftalmológicas

O prefeito Amarildo Duzi Moraes (PSDB) enviou à Câmara Municipal um projeto de lei para firmar uma parceria com o Centro de Oftalmologia do Consórcio de Desenvolvimento da Região de Governo de São João da Boa Vista (Conderg), em Divinolândia, para a realização de atendimentos de oftalmologia, como consultas e procedimentos cirúrgicos. Objetivo é atender a demanda de cerca de 900 pacientes.

O projeto foi aprovado por unanimidade pelos vereadores na sessão extraordinária da última terça-feira, dia 24. O projeto também autorizava o município a custear o valor de R$ 45,00 por consulta oftalmológica no Conderg. A relação dos pacientes, conforme descrito no projeto, será enviada pelo Departamento de Saúde de Vargem.

Na justificativa do projeto, o prefeito explicou que algumas cirurgias estão sendo feitas no Hospital de Divinolândia porque não existem condições técnicas de serem realizadas no município, como por exemplo, os casos de catarata.

De acordo com o projeto, algumas outras cirurgias como histerectomia e cirurgia de vesícula foram autorizadas em Divinolândia, pois embora o Hospital de Caridade de Vargem Grande do Sul tenha condições técnicas de fazê-las, elas não estão sendo realizadas no volume que a população necessita.

Segundo o prefeito, o objetivo é zerar ou reduzir a fila de espera para cirurgias e consultas oftalmológicas no município, que superam 900 pacientes, número que não está sendo extinto pelas vagas insuficientes oferecidas pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Na quinta-feira, dia 3, primeiras consultas terão início. Serão 56 pacientes atendidos neste primeiro dia.

O chefe do Executivo ainda informou que o valor estimado na ação será cerca de R$ 120 mil, não sendo possível precisar o total, já que o médico definirá os procedimentos a serem realizados durante a consulta.

O prefeito ainda citou que mesmo com o avanço nas cirurgias em Vargem, o número ainda não atende totalmente as necessidades, o que, segundo ele, foi conversado e está a espera de uma resposta, já que para atender a demanda municipal é necessário que ocorra no mínimo 30 cirurgias por mês.

Sessão

Antes da votação, o vereador Alex Meglorini Mineli (PRB) parabenizou o chefe do Executivo e comentou que projetos como esse sempre terão seu voto favorável, principalmente na área da saúde. Laércio Inácio Anacleto (PPS) afirmou que espera que agora, com este projeto de lei, a fila ande de maneira a beneficiar a população vargengrandense. Foto: Reprodução Internet

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui