Painel 12 de outubro de 2019

0
550

Meio Ambiente

O Departamento de Agricultura e Meio Ambiente está sem diretor. Marcelo Marini Cossi, que comandava a pasta desde o início da gestão de Amarildo, deixou o departamento na semana passada. A Gazeta de Vargem Grande perguntou à prefeitura quem iria assumir a pasta, mas até o fechamento da edição não obteve retorno.

Cidades digitais

Vargem participou na semana passada do Fórum de Cidades Digitais da Região Metropolitana de Campinas, que reuniu mais de 30 municípios em Vinhedo. De acordo com o informado pelo Governo do Estado, 12 municípios receberam durante o Fórum, o título de Projeto Inovador 2019, por iniciativas em andamento. Segundo a gerente de projetos da RCD, Priscila Bortolozzo Lüdke, a seleção foi feita com base na publicação das próprias prefeituras. Vargem Grande do Sul recebeu o título com o Projeto Cidade Digital.

Orçamento

O presidente da Câmara, Felipe Gadiani (MDB) informa que o Projeto de Lei nº 81/19, sobre o orçamento da prefeitura para 2020, está disponível para consulta. O projeto foi lido durante a sessão da segunda-feira, dia 7. A Comissão de Finanças e Orçamento ainda irá realizar Audiências Públicas para debater a peça.

R$ 129 milhões

De acordo com o projeto de lei, a prefeitura estimou um orçamento de R$ 129,4 milhões para 2020, um pouco maior do que o estabelecido para 2019, que foi de R$ 127 milhões. Para o próximo ano, do total do orçamento, a Câmara receberá R$ 2,28 milhões, o Fupreben R$ 14 milhões e o SAE R$ 10,4 milhões. A prefeitura ficará com R$ 102,7 milhões.

Região

Em São José do Rio Pardo, o orçamento para 2020 será de R$ 207,4 milhões, 10% maior que o de 2019 e prevê reajuste de 5% aos servidores. Em Mococa, o orçamento previsto é de R$ 204,5 milhões, 11% maior que o deste ano.

Verba

O vice-governador do Estado, Rodrigo Garcia, autorizou a assinatura de 21 convênios para financiamentos de obras em 20 municípios, por meio de recursos do Fundo Estadual de Defesa dos Interesses Difusos (FID) da Secretaria da Justiça e Cidadania. Ao todo, serão investidos mais de R$ 19,7 milhões nos projetos; sendo R$ 17,7 milhões do FID e R$ 2 milhões por meio de contrapartidas dos municípios.

Contemplados

Entre os municípios da região que foram contemplados estão Aguaí e Espírito Santo do Pinhal. Em Aguaí, o recurso de mais de 900 mil será empregado na revitalização da Praça Senhor Bom Jesus. Já em Pinhal, a verba de cerca de R$ 800 mil será destinada à conservação e restauro do Museu e Biblioteca Municipal Dr. Abelardo Vergueiro César.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui